Hervázio irá mesmo para secretaria do governo João

Quando voltar de Brasília, onde participa do Fórum de Governadores, o governador João Azevêdo pretende ter mais uma conversa com o deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), para definir para onde o socialista vai. Ele ocupará o cargo de secretário, abrindo espaços para o suplente Lindolfo Pires. Na legislatura passada, Lindolfo era o titular e foi chamado para uma secretaria, para que Hervázio pudesse ficar no mandato e atuar durante os quatro anos do segundo mandato da gestão de Ricardo Coutinho como líder do governo na Assembleia Legislativa.

Hervázio revelou ao programa Correio Debate, da TV Correio, que teve uma conversa ontem com o governador João Azevêdo, antes dele viajar para Brasília, onde participa hoje de encontro com a equipe econômica do governo Bolsonaro para tratar da reforma da Previdência. João terá uma nova conversa assim que voltar, que pode definir de vez o cargo de Hervázio no Executivo.

Mas o governador ainda tem que convocar outro deputado da base, mas precisamente da coligação que o elegeu, para permitir a chegada na Casa de outro suplente: Jutay Menezes (PR). Só assim, abre-se a vaga para Lindolfo, que está na segunda suplência.

Assista o trecho da entrevista de Hervázio Bezerra ao programa Correio Debate, da TV Correio.