A União e Rádio Tabajara são homenageadas pela ALPB

A Comunicação do Governo do Estado, por meio do jornal A União e da Rádio Tabajara, será homenageada pela Assembleia Legislativa da Paraíba nesta segunda-feira (12), em sessão especial que começa às 13h30 no Plenário Deputado José Mariz. A sessão, proposta pelo deputado Hervázio Bezerra, objetiva registrar os 124 anos do jornal A União e os 80 anos da emissora oficial. Na ocasião será lançado o livro “Rádio Tabajara Patrimônio Cultural da Paraíba”, uma coletânea de depoimentos organizada pelo jornalista Josélio Carneiro, repórter da Secom-PB, Tabajara e Assembleia Legislativa.

A União foi fundada em 2 de fevereiro de 1893 pelo governador Álvaro Lopes Machado. É o terceiro jornal mais antigo do país em circulação. A Rádio Tabajara, fundada aos 25 de janeiro de 1937 pelo governador Argemiro de Figueiredo, é a pioneira do Estado e a 64ª do Brasil em um universo de mais de 5 mil emissoras de rádio.

“O cerimonial da Casa de Epitácio Pessoa providenciou convites a autoridades e personalidades para prestigiarem a homenagem do Poder Legislativo Paraibano às escolas de jornalismo e radialismo, dois patrimônios culturais de nosso Estado”, destaca Hervázio Bezerra, ressaltando a importância do Jornal A União e da Rádio Tabajara para o jornalismo e a cultura na Paraíba.

Na ocasião, será entregue à presidente da Rádio Tabajara, Maria Eduarda Santos, a comenda pela qual a Assembleia Legislativa reconhece a emissora como Patrimônio Cultural do Estado da Paraíba, propositura do deputado Hervázio Bezerra aprovada por unanimidade em plenário. “Na verdade, a Rádio Tabajara é uma emissora histórica, um patrimônio efetivo, já consagrado e eu estou apenas transformando em lei, reconhecendo legalmente. Mas a Tabajara já é um patrimônio do povo paraibano e do povo brasileiro por sua história de tradição na radiofonia paraibana no esporte, na boa música, em eventos culturais e no jornalismo de credibilidade”.

De acordo com o parlamentar, A Tabajara e o Jornal A União, são patrimônios e "aqui na sessão solene que iremos fazer com certeza contaremos com a presença de expressões da radiofonia paraibana e também da imprensa escrita do nosso Estado”.

Os funcionários da emissora pioneira da Paraíba e do centenário jornal A União, o terceiro mais antigo do país em circulação, estão convidados a comemorar o aniversário dos dois órgãos.

O livro Rádio Tabajara Patrimônio Cultural da Paraíba tem capa e diagramação da designer Sarah Nóbrega e prefácio do jornalista Nakamura Black. O apoio cultural é da Assembleia Legislativa da Paraíba por meio dos deputados Gervásio Maia (presidente), Hervázio Bezerra e Estela Bezerra, além do apoio da API – Associação Paraibana de Imprensa. A obra foi impressa na Gráfica JB.

A coletânea conta com mais de 70 depoimentos, 200 páginas e 140 fotografias dos anos 1930 aos dias atuais. O livro contém depoimentos de Ivan Bezerra, Jadir Camargo, Airton José, Ana Paula, Carlos Antonio, maestro Severino Araújo, cantores Ruy de Assis e Jaime Tavares, compositor Zé Pequeno, locutores Spencer Hartmann, Ruy Lemos, Walter Lins, Geraldo Cavalcante, Humberto Lucena, Sérgio de Andrade, Odonildo Dantas, Josy Gomes, Josy Aquino, Gilberto Martins, Márcia Cabral, além dos jornalistas e ex-diretores Deodato Borges, Petrônio Souto, Paulo Santos, Adalberto Barreto, Antonio Barreto Neto, Biu Ramos, Gilvan de Brito, Gilson Souto Maior, Wellington Farias, Germano Barbosa, Ulisses Barbosa, Glaucia Magalhães, Juarez Diniz, Lúcia Figueiredo, Lenilson Guedes, José Octávio de Arruda Mello, além de entrevista com a diretora presidente da Rádio Tabajara S.A. Maria Eduarda Santos.