Álbum “Parlamento”, da ALPB, ganha prêmio regional

O álbum “Parlamento - Breve História do Legislativo Paraibano” ganhou, na última sexta-feira (15), na Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), o 1º lugar do 6º Prêmio Nordeste de Excelência Gráfica José Cândido Cordeiro.

A obra foi premiada na categoria “Livros Institucionais”. A publicação, de 220 páginas, foi lançada em novembro do ano passado pela Assembleia Legislativa da Paraíba, e agora está classificada para concorrer, em novembro, ao Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini, da Associação Brasileira das Indústrias Gráficas.

O livro-álbum da ALPB é ricamente ilustrado, e revisita por meio de documentos e imagens, momentos da vida política do Brasil e da Paraíba. Teve origem nas pesquisas que deram vida ao Memorial Parlamentar, criado há três anos pela Assembleia.

A publicação é resultado de um trabalho coletivo coordenado pela diretora de Comunicação, jornalista Beth Torres, e pela diretora de Cultura, Cida Lobo. Produzida pela Mix Comunicação e impressa na gráfica JB, foi editada pelos jornalistas Carlos César e Juca Pontes, com projeto gráfico do designer Mário Miranda. Tem apresentação de Agnaldo Almeida e participação do jornalista Nonato Guedes.

O álbum é dividido em oito capítulos que tratam, em resumo, da evolução política e do processo eleitoral desde os tempos do Brasil colônia, do Império, da República, Estado Novo, ditadura militar, movimento pelas eleições diretas e Colégio Eleitoral, a Constituinte de 1988 e a primeira eleição presidencial após os 21 anos de regime de exceção.

De acordo com os organizadores, embora não se pretenda uma obra acadêmica, suas informações foram extraídas de extensa bibliografia, baseadas em pesquisas disponibilizadas por instituições públicas, memoriais, fundações e universidades sobre fatos e personagens marcantes da vida política do Brasil e de seus estados. Pela qualidade das informações e dados que formam seu conteúdo editorial é que se oferece como importante referência historiográfica.

“É um trabalho de resgate histórico destinado a contribuir para que se reponha a real dimensão do Parlamento no desenvolvimento do nosso Brasil e da nossa Paraíba”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Marcelo.

Prêmio - O Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica conquistou notoriedade no País dois anos após sua criação. O nome Fernando Pini foi incorporado à premiação em 1995.

O prêmio é reconhecido internacionalmente pelo nível dos trabalhos apresentados e já rompeu a barreira de 1500 produtos inscritos. O concurso possui certificado ISO 9001:2008, garantindo a qualidade do processo da premiação.

A exposição dos produtos começa em 13 de outubro, e a cerimônia de entrega dos prêmios, acontece dia 25 de novembro, na capital paulista.

Seleção regional - O Prêmio Nordeste de Excelência Gráfica José Cândido Cordeiro tem o objetivo de estimular a qualidade nas produções gráficas e da modernização nas indústrias desse segmento no Nordeste. Sua sexta edição foi promovida por sete Abigrafs Regionais do Nordeste e pelo Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado de Pernambuco (Sindusgraf-PE), que tem como referência as premiações da Abigraf Nacional.