ALPB vota LDO sem alterações pedidas pela Comissão de Interpoderes

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Gervásio Filho (PSB), confirmou que o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias  2018 será votado na sessão desta quarta-feira (21) da forma como foi encaminhada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB). Representantes do Ministério Público e do Tribunal de Justiça pediram alterações no texto e dizem não aceitar a proposta orçamentária baseada no teto deste ano.

Gervásio revelou que conversou com o governador anteontem e ontem, assim como com os representantes dos outros Poderes. "Iríamos votar a LDO, mas fizemos o adiamento para hoje. Tivemos uma reunião com o secretário de Planejamento e o governador vem repetindo que respeita a autonomia dos Poderes e estará apoiando todas as necessidades deles. Eu disse isso na reunião da Comissão Interpoderes e eles sabem que o governador não tem faltado às reivindicações", disse.

O presidente da Assembleia, no entanto, confirmou a votação do projeto da LDO como foi encaminhado.  "O governador merece um voto de confiança de todos, mesmo diante de uma crise danada como essa. Ele tem feito da Paraíba algo diferente em relação aos outros estados. A aprovação da LDO não vai prejudicar em nenhum momento o funcionamento dos Poderes. Os representantes da Comissão Interpoderes podem ficar tranquilos, que o governador assumiu  mais esse compromisso", afirmou.

Na mesma entrevista, Gervásio Filho confirmou o pagamento dos salários dos servidores da Assmebleia Legislativa nesta quinta-feira (22). "Estamos pagando uma parcela da data-base de 2015, estamos pagando a data-base de março a junho deste ano, alguns benefícios dos servidores efetivos, mas amanhã todos estarão recebendo seus salários", disse.