Benjamin destina R$ 1,4 milhão para hospital de Campina

O deputado federal Benjamin Maranhão (SD) se reuniu com o ministro da Saúde, Marcelo Castro, e conseguiu liberar uma emenda parlamentar no valor de R$ 1.436.000,00 para a Prefeitura Municipal de Campina Grande. O montante será investido na Maternidade Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), que vem recebendo grande números de bebês com casos de microcefalia de vários municípios.

“Conseguimos a liberação desses recursos para que o Isea possa ter mais condições de receber os bebês com casos de microcefalia. Infelizmente o número de casos cresce a cada dia e precisamos de uma resposta efetiva dos governos Federal e estadual. Temos que realizar ações conjuntas de combate da Zika Vírus e no cuidado e tratamento dos bebês”, destacou o deputado.

Benjamin Maranhão já utilizou a tribuna na Câmara Federal para pedir atenção especial para a Região Nordeste em decorrência do aumento alarmante dos casos de microcefalia. “Infelizmente, a Paraíba já é o segundo em casos da doença e uma das causas desse aumento pode ser o Zika Virus.A situação já considerada tão grave que o Governo do Estado decretou situação de emergência, seguindo o que fez os estados de Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte.”, disse.

Microcefalia - É uma condição rara em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal. Para crianças que nasceram com nove meses de gravidez, a doença se apresenta quando o perímetro da cabeça é menor do que 33 cm – o esperado é que bebês tenham pelo menos 34 cm.