Biometria será homologada em março de 2016

Na sessão ordinária desta sexta-feira (29), o desembargador João Alves, presidente do TRE-PB, consultou à Corte Eleitoral sobre a homologação do processo biométrico na Paraíba, que esta semana computou mais de 82% de eleitores cadastrados.

Mesmo ultrapassando o percentual de 80% do cadastramento biométrico no geral dos 98 município, o tribunal, por unanimidade, decidiu não homologar o processo de biometria neste momento, mantendo o atendimento até 18 de março de 2016, prazo final para os eleitores que não fizeram a biometria, se cadastrarem.

Os mais de 163 mil eleitores que ainda não compareceram para o cadastramento biométrico devem aproveitar a decisão da Corte e procurar o cartório eleitoral ou posto do seu município para fazê-lo o quanto antes, evitando o cancelamento do seu título. O cadastramento biométrico é obrigatório e gratuito e o eleitor deve comparecer portando um documento oficial com foto, comprovante de residência não inferior a três meses, e o título de eleitor, se houver.



Voto de aplauso

Na mesma sessão, a Corte Eleitoral aprovou voto de aplauso, proposto pelo juiz-membro Sylvio Pelico Porto Filho, em favor da  desembargadora Maria das Graças Morais Guedes, por ter sido indicada pelo Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba para compor a Corte Eleitoral na vaga que surgirá com o fim do biênio do desembargador João Alves da Silva que se dará em 04 de março vindouro.

Votos de pesar

A Corte Eleitoral também aprovou, nesta sexta-feira (29), por unanimidade, votos de pesar propostos pelo juiz-membro Sylvio Pelico Porto Filho, e os desembargadores João Alves, presidente do TRE-PB, e José Aurélio, vice-presidente do TRE-PB, respectivamente, pelo falecimento do jornalista Durval Varandas Filho, do Promotor de Justiça Aldenor Medeiros e do desembargador Raphael Carneiro Arnaud, todos ocorridos no mês de janeiro de 2016.