Boqueirão chega a 18,29% e Assembleia realiza sessão















































































































A Assembleia Legislativa da Paraíba vai promover uma sessão especial, em Campina Grande, para debater a situação do Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) que chegou, nesta terça-feira (29), a 18,29% da sua capacidade.  A propositura é dos deputados estaduais Tovar Correia Lima (PSDB) e Moacir Rodrigues (PSL) e também tem o objetivo de discutir um plano emergencial para 19 cidades do Agreste paraibano que são abastecidas por este corpo d´água.

“Precisamos adotar medidas urgente para que a população não vivencie mais o que aconteceu em 2017, quando tivemos colapso no abastecimento, com Boqueirão chegando a 2,9% da sua capacidade total. Nessa sessão, também vamos falar sobre a possibilidade do retorno do racionamento de água, retomada do bombardeamento da água da Transposição do Rio São Francisco e ainda debateremos com especialistas as previsões climáticas para 2020”, destacou Tovar.

Moacir Rodrigues destacou a importância de debater com especialistas e com a população esse grave problema, que também afeta a economia da cidade, pois sem água, indústrias deixam de produzir e comércios são prejudicados.

O bombeamento da água do Rio São Francisco para 44 municípios da Paraíba está interrompido há cinco meses, em razão da necessidade de manutenção em equipamentos das estações em uma adutora em Pernambuco. Em 2018, quando o sistema funcionava, ele se mostrou fundamental para evitar uma crise de abastecimento em meio a um prolongado período de seca. Com os problemas atuais, a água não tem chegado aos açudes.

O Açude Epitácio Pessoa é o terceiro maior do estado. Ele é responsável pelo abastecimento de Campina Grande e outras 18 cidades do Agreste paraibano. O manancial tem capacidade de armazenamento de 466.525.964 milhões de metros cúbicos de água, mas está apenas com 85.315.327 da sua capacidade.