Cabaré é preso antes de cassar Boca Louca

Flávio do Cabaré foi preso pela Polícia Militar em frente à Câmara Municipal do Conde, hoje à tarde, quando participava de um protesto “contra a roubalheira”. Ele é suplente e autor da denúncia que pede a cassação do mandato de Fernando Boca Louca, que já assumiu perante o delegado Allan Murilo Terruel,  da Polícia Civil, ter contratado funcionários fantasmas para o seu gabinete e ter ficado com a maior parte dos salários.

Flávio Cabaré é Flávio Melo e tem atuação na área de bares. O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara Mista de Sapé e estava em aberto desde julho do ano passado.

Cabaré protocolou o pedido de cassação de Boca Louca no dia 8 deste mês, alegando quebra de decoro parlamentar.

Boca Louca admitiu ao titular da Delegacia de Combate ao Crime Organizado da Capital, pelo menos cinco contratações. Ele foi eleito com 668 votos. Cabaré teve 341 votos e ficou na primeira suplência e responde a processos nas comarcas de João Pessoa, Conde e Sapé.

O vídeo é do site O Cabuloso, de Aguinaldo Silva.

https://youtu.be/0SO-oq66QdM