Cássio admite que percebe R$ 52 mil

O senador Cássio Cunha Lima, candidato a governador pelo PSDB, admitiu na noite desta quinta-feira (11), durante debate promovido pela TV Clube, em João Pessoa, que recebe  R$ 52 mil. A remuneração do parlamentar tucano ultrapassa o teto constitucional brasileiro de R$ 29.462,25, valor que é pago mensalmente a um ministério do Supremo Tribunal Federal (STF).

A confissão de Cássio veio a público a partir do questionamento feito pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’, que perguntou se era verdadeira a informação de que o tucano recebia mais que um ministro do STF.

Ao responder ao questionamento, Cássio confessou a informação, mas alegou que parte da remuneração que recebe é destinada ao pagamento da pensão de sua ex-esposa. “O senhor (Cássio) não pode pagar pensão com dinheiro do tesouro. O senhor está transgredindo a lei”, observou o socialista.

Visivelmente irritado com a revelação que foi instado a fazer publicamente, Cássio acusou Ricardo de ser oportunista. “Eu não estou agindo com oportunismo. Eu exijo respeito a minha pessoa e aos telespectadores que estão assistindo esse debate. A população merece respeito”, rebateu o socialista.