Cássio encerra em Paulista mais um circuito de comícios

Faltando pouco mais de 20 dias para as eleições gerais, foi através das ruas lotadas e decoradas de amarelo que, na noite desta sexta-feira (12), em mais quatro cidades do Alto Sertão receberam com festa a Caravana da Vitória do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato a governador pela Coligação A Vontade do Povo.



Depois de ser festejada em Mato Grosso, Jericó, Riacho dos Cavalos e Catolé do Rocha, a comitiva de Cássio e Wilson Santiago (PTB), candidato ao Senado Federal, foi recebida com o mesmo entusiasmo em Belém do Brejo do Cruz.

Lá, a ex-prefeita Suzana Forte, várias lideranças políticas da região e os candidatos a deputado Marcondes Gadelha (PSC/federal) e Edmilson Soares (PEN/estadual) abraçaram a chapa majoritária comandada pelo senador tucano.

Em seguida, já em Brejo do Cruz, o povo ocupou todos os espaços da rua Getúlio Vargas para saudar Cássio e Wilson, que seguiram para São Bento, onde os esperava o ex-prefeito e candidato a deputado estadual Galego de Sousa (PP).

Ao lado de muitas lideranças da região e Aguinaldo Ribeiro (PP), ex-ministro das Cidades e concorrente à reeleição para a Câmara Federal, Galego pediu o apoio maciço da cidade para o tucano.

Quando teve a palavra, Cássio lembrou do programa Ciranda de Serviços, criado em 2005 e que beneficiou mais de 500 mil paraibanos. "Fui o primeiro governador da história de São Bento a ficar na rua ouvindo e atendendo a população", disse o senador.

Passava das 23h40 quando Cássio chegou a Paulista para o último comício da noite. O avançado da hora não impediu a população de ocupar as ruas e fachadas de casas e prédios, numa demonstração de que a mensagem de mudança da coligação "A Vontade do Povo" é bem-vinda em toda a Paraíba.

"Nós temos aqui um povo livre e que terá no dia 5 de outubro o poder de decisão na sua consciência. Porque o momento do voto é tão importante que todos se tornam iguais. E esse voto, instrumento maior da cidadania, vai decidir se a Paraíba concorda com esse governo que aí está", arrematou o candidato tucano.