Cássio quer faixa exclusiva de ônibus na BR-230

O candidato a governador pela Coligação A Vontade do Povo, Cássio Cunha Lima (PSDB), apresentou algumas propostas do Plano de Mobilidade para a Paraíba em seu programa eleitoral desta sexta-feira (22). O projeto conta com a coordenação do ex-prefeito de João Pessoa e suplente do candidato a senador, Wilson Santiago, o arquiteto e urbanista Luciano Agra.

Cássio quer construir uma terceira faixa exclusiva para ônibus coletivos na BR 230, com o objetivo de melhorar a circulação na Região Metropolitana de João Pessoa. A proposta é interligar o transporte público de cidades como Santa Rita, Bayeux e Cabedelo e desafogar o trânsito no Centro da Capital, já que apenas 20% das pessoas que vêm dessas cidades à João Pessoa têm o Centro como destino final.

“Pretendo fazer um governo técnico, mais ousado, mais criativo e mais eficiente. O desafio da mobilidade exige técnicos de alto nível. Hoje não existe no Governo do Estado nenhum plano de mobilidade para a Grande João Pessoa e a Grande Campina. Vamos dar os primeiros passos, em colaboração com as prefeituras e com o Governo Federal. É trabalho pra começar logo no início do governo. Do contrário, em poucos anos ninguém vai mais conseguir se movimentar em João Pessoa nem em Campina”, defendeu Cássio.

O candidato da Coligação A Vontade do Povo também inclui como prioridade a construção de alças de ligação entre as BRs 101 e 230, em João Pessoa, e entre as BRs 230 e 104, em Campina Grande, para desviar o tráfego pesado das duas cidades. Como João Pessoa é cortada por duas BRs e Campina, além de também por duas BRs ainda por duas rodovias estaduais, a proposta é que o tráfego de cargas e de ônibus de interestaduais seja desviado para fora da área urbana, através das alças que irão interligar rodovias (PBs) já existentes. Desse modo, o trânsito nas BRs dentro de João Pessoa e Campina fica exclusivo para carros, motos e ônibus coletivos, incluindo aí o transporte da região metropolitana.

Turismo -  Para impulsionar o Turismo no Litoral Norte do Estado, Cássio pretende construir a Via Costeira Norte, aproveitando o traçado da PB-11. Essa estrada se estenderá de Lucena a Barra de Camaratuba, passando por Rio Tinto, Mamanguape e Baía da Traição.

Outra proposta para melhorar o trânsito naquela região é a construção da Ponte Cabedelo-Lucena, que além de desviar o tráfego do Porto de Cabedelo, vai se interligar com a alça construída para fazer a ligação entre as BRs 101 e 230.