CCJ aprova indicação de conselheiro do TCE-PB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), através da Comissão de Constituição, Redação e Justiça (CCJ), sabatinou nesta terça-feira (5) o auditor Antônio Gomes Vieira Filho, indicado ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). A deputada Pollyanna Dutra presidiu a sabatina acompanhada dos membros da CCJ, assim como, do presidente da Casa, Adriano Galdino e demais deputados.

O presidente Adriano Galdino parabenizou o auditor pela indicação ao cargo de conselheiro e defendeu que o TCE possa acompanhar as gestões municipais e orientar os prefeitos em suas administrações para que, desta forma, possam ser evitados os desvios de recursos. "O Tribunal precisa ser um órgão que atue muito mais na prevenção de possíveis desvios do que de punição. Quando não houver mais desvios, nem devolução de recursos pelos gestores, será o sinal que o TCE está desempenhando muito bem o seu trabalho", pontuou Galdino.

Na avaliação dos membros da CCJ, o auditor preenche todos os requisitos para tornar-se conselheiro do Tribunal, desta forma, o senhor Antônio Gomes Vieira Filho foi aprovado por unanimidade na Comissão.

Para a presidente da CCJ, Pollyanna Dutra, os questionamentos feitos pelos deputados foram de extrema relevância e serviram para obter do sabatinado suas experiências e seus métodos de trabalho enquanto conselheiro. "O auditor tem afinidade com as gestões municipalista e a maioria dos deputados aqui tem experiencia na gestão municipal e os questionamentos estavam de acordo com aquilo que os prefeitos e vereadores queriam que fossem colocados", declarou a deputada. Ainda de acordo com Pollyanna, o auditor possui um alto nível de conhecimento e proferiu as respostas com sabedoria e equilíbrio. "Ser sabatinado numa Casa tão plural como esta não é tão fácil, e de forma tambem plural e unânime a Comissão entendeu pela aprovação do auditor como conselheiro do TCE-PB", afirmou a presidente.

Emocionado, o auditor Antônio Gomes avaliou a indicação como uma oportunidade única em sua trajetória e se colocou à disposição do Poder Legislativo para esclarecimentos relacionados aos procedimentos adotados pelo Tribunal. "Com muita responsabilidade, farei por onde colocar em prática todas as recomendaçoes que recebi nesta Casa, pois faço disto ofício. Farei com que o meu trabalho pelo Tribunal corresponda às expextativas desta Casa", garantiu o auditor.

Durante a sabatina, o conselheiro foi questionado principalmente a respeito da possibilidade de um acompanhamento de forma ainda mais próxima dos prefeitos, secretários do Executivo, assim como demais ordenadores de despesa com o intuito de orientá-los e, por consequência, evitar possíveis desvios de recursos. O conselheiro declarou que o TCE tem buscado contribuir sempre que acionado pelos ordenadores de despesas. "Precisamos ser o auxílio aos gestores no momento em que eles recorrem tecnicamente ao Tribunal. O TCE melhorou muito num passado recente e vai continuar se esforçando para melhorar cada vez mais a sua forma de atuação", afirmou o auditor.

O nome do auditor Antônio Gomes Vieira Filho segue agora para apreciação no plenário da Casa.