Crei é inaugurado com compromisso na Educação Infantil

Mais 160 crianças poderão iniciar sua vida escolar tendo acesso ao novo padrão instituído pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) para a Educação Infantil. São meninos e meninas da comunidade Mumbaba, no Bairro das Indústrias, onde o prefeito Luciano Cartaxo entregou o Centro de Referência em Educação Infantil (Crei) Tereza Cristina C. de Albuquerque. As matrículas começam nesta terça-feira (2) e ficam abertas até o preenchimento das vagas.

O Crei Mumbaba III, inaugurado na manhã desta segunda-feira (1º), fica localizado na Avenida Cidade de Jericó. O equipamento, que foi uma das demandas do Orçamento Participativo, é o segundo construído na Capital utilizando o modelo de Metodologias Inovadoras, que reduz o tempo de trabalho e as agressões ao meio ambiente. O evento faz parte do calendário comemorativo de 60 dias organizado pela PMJP pelos 429 anos de João Pessoa.

“Estamos fazendo uma verdadeira revolução na Educação Infantil de João Pessoa”, destacou o prefeito Luciano Cartaxo. “Em quatro anos vamos dobrar o número de creches e, ao mesmo tempo, ofertar um padrão de qualidade nunca antes visto na Capital. O que estamos entregando é cuidado e carinho para nossas crianças e, para as mães, a possibilidade de tempo livre para trabalhar e sustentar a família”, complementou.

O secretário municipal da Educação, Luís Júnior, destacou a importância de se começar cedo no ambiente escolar, o que amplia a capacidade de aprendizado. “Com o novo padrão de Creis estamos satisfazendo todas as necessidades das crianças. Aqui elas encontram a estrutura ideal e o apoio profissional específico para que possam se desenvolver bem e serem estudantes e cidadãos melhores no futuro”, declarou.

Para a dona de casa Savina Petrilho, 27 anos, mãe de Matheus, 5 anos, o novo Crei é um excelente espaço para o filho se desenvolver e aprender. “Achei a creche linda. O bairro estava precisando e vai ser um ótimo local para meus filhos e as outras crianças se desenvolverem e aprender. Agora eu vou poder trabalhar”, afirmou.

Já a pensionista Ilian Ferreira, 48 anos, que cria a neta Josy Kelly, 1 ano, destacou a vantagem de ter um local como o Crei Tereza Cristina de Albuquerque perto de casa. “É um espaço ótimo e perto de casa. Aqui minha neta vai se desenvolver, com professores capacitados e tendo contato com outras crianças. Isso é muito importante”, disse.

A obra - O Crei Colinas do Sul vai acolher 160 crianças com idades entre seis meses e cinco anos e foi totalmente pensado de acordo com as necessidades educacionais para esta idade. Seguindo o novo padrão instituído pela PMJP, o espaço possui mobília e banheiros adaptados ao tamanho das crianças, o que contribui com a sua autonomia, salas de aula com ar-condicionado e banho de sol individualizado por turmas.

O local também conta com laboratório de informática projetado para crianças e decoração que prioriza a harmonia de cores nos ambientes que remetem a calmaria, segurança e tranquilidade. O Crei vai contar com monitoramento de segurança 24 horas em todas as áreas de circulação, o que corresponde a um espaço de 2.800 metros quadrados.

O Crei Mumbaba III contou com investimento de cerca de R$ 1,6 milhão para construção e acabamento, além de R$ 94 mil reais destinados a compra de equipamentos e mobília, resultando em uma aplicação total de quase R$ 1,7 milhão. Os recursos são provenientes do Programa Brasil Carinhoso, do Governo Federal.

Estrutura

As creches do tipo B contam em sua infraestrutura com playground, recepção, secretaria, diretoria, sala dos professores, almoxarifado, banheiros, oito salas de aula, uma sala de informática, pátio coberto, pátio descoberto, cozinha, despensa, copa, caixa d’água, lactário, lavanderia e estacionamento. A estrutura conta ainda com salas do servidor, de telefonia, elétrica e de multiuso.

A creche conta com 39 profissionais, entre berçaristas, lavadeiras, professores, monitores, cozinheiros, auxiliar de serviços, vigilante, técnico em pedagogia e auxiliar de secretaria.

Metodologia Inovadora - A unidade é a segunda entregue na Capital utilizando a técnica de PVC Concretado, dentro de um sistema de Metodologias Inovadoras (MI). O procedimento evita desperdício de materiais e mantém o canteiro de obras mais limpo. Outro benefício é o tempo de construção, que passa de um ano e meio (creches de alvenaria) para apenas seis meses.

Os benefícios da construção também podem ser notados pelas crianças e funcionários. A técnica utilizada na construção possibilita um ambiente mais frio, com melhor sensação térmica. Além disso, todas as paredes são laváveis, o que garante um ambiente melhor higienizado e que oferece menos riscos à saúde das crianças.