DEM, Rede, PPS e PMN fecham aliança

O Democratas, PPS, Rede e PMN oficializaram a aliança proporcional para deputado Estadual, na manhã deste sábado (9). Os 72 pré-candidatos que vão disputar uma vaga na Assembleia Legislativa comparaceram ao encontro, onde foi apresentada a primeira coligação proporcional a ser fechada na Paraíba para as eleições de outubro.

O evento contou com a presença da Executiva Estadual dos partidos, filiados e pré-candidatos, além da participação do pré-candidato ao Governo Estadual pelo PSB, João Azevêdo e do pré-candidato a senador, Veneziano Vital do Rêgo (PSB). O deputado federal Efraim Filho que é do Democratas, também esteve presente.















































As legendas pretendem apresentar o maior número de pré-candidatos para deputado estadual. O PPS pretende lançar pelo menos 25 nomes para a disputa. A Rede vai lançar mais de 20 nomes, seguidos do DEM e PMN que já anunciaram mais de 10 pré-candidatos cada para o Legislativo Estadual. A pretensão é que a coligação consiga eleger quatro ou cinco parlamentares para a Assembleia Legislativa da Paraíba.

O presidente municipal do Democratas, Raoni Mendes, pré-candidato a deputado estadual, disse que a coligação vai apresentar nomes fortes que devem disputar as eleições. “A coligação será forte para que possamos eleger o máximo possível de parlamentares”, afirmou Raoni Mendes. Durante discurso, Efraim Filho ressaltou que as decisões para a chapa proporcional estão sendo realizadas por Raoni Mendes.

O presidente Estadual do PPS, Nonato Bandeira, explicou que a coligação pretende fazer quatro ou cinco deputados estaduais. “Eu não tenho dúvida que no mínimo quatro deputados nós faremos. Eu acho que a perpectiva é de quatro a cinco, com quatro entrando direto e cinco na sobre dependendo das outras coligações. Pelo potencial das pré-candidaturas e pela motivação”, garantiu.

O pré-candidato do PSB ao governo do Estado, João Azevedo, esteve presente ao lado do deputado federal e pré-candidato ao Senado, Veneziano Vital do Rêgo. Ele destacou a importância da coligação, que vai apoiar a sua candidatura e reafirmou que o trabalho realizado por Ricardo Coutinho (PSB) necessita continuidade.

Também participaram do encontro Gerson Vasconcelos, porta voz da Rede, e o secretário Estadual do PMN, Alcimar Martins.“Nós ouvimos os nossos filiados e decidimos nos coligar com o PMN, PPS e DEM, que são partidos que vão contribuir para que a gente conquiste o maior número de mandatos na Assembleia Legislativa”, explicou o coordenador estadual da Rede, Gerson Vasconcelos.