Deputado diz que depoimento de Lula foi manobra





O deputado estadual Frei Anastácio (PT) disse hoje (8), no plenário da Assembleia Legislativa, que a “prisão política de Lula”, foi uma forma encontrada pelo Juiz Sério Moro de chamar a atenção para a lava jato, que estava perdendo espaço para o zika vírus, a  chikungunya, a microcefalia e o mosquito da dengue nos noticiários da mídia.




“O próprio juiz determinou que Lula fosse levado a força para depor, num processo que não traz provas concretas contra o ex-presidente. Perante a legislação do país ele teria que ter intimado Lula a depor. Se ele se negasse, ai sim, o juiz mandaria a polícia federal busca-lo em casa.Mas, nada disso aconteceu. O Juiz determinou que a polícia fosse á casa de Lula e o levasse para depor a força”, disse o deputado.




De acordo com o parlamentar, na realidade, isso foi uma prisão política. Uma cartada final para tentar reascender a Lava jato que estava perdendo espaço na mídia. “O juiz Sérgio Moro conseguiu atrair a atenção do povo, como ele queria. Mas, tenho certeza de que o final dessa história não será como ele quer.Vamos esperar o desfeche desse ato que fere o princípio do direito de nosso país,atendendo ao apelo da oposição e da burguesia que buscam um golpe a um governo eleito pelo povo”, disse o petista.

Homenagem à mulher




Frei Anastácio também registrou as comemorações do Dia Internacional da Mulher. Ele destacou    que hoje, mulheres do campo ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e à Comissão Pastoral da Terra (CPT) estão desenvolvendo programação especial em João Pessoa.




O deputado destacou ainda que mulheres que em pleno século XXI lutam contra a violência praticada contra elas, na maioria das vezes dentro de casa. Mulheres que ainda ganham menos que os homens em diversos setores, simplesmente pelo fato de ser mulher. Esperamos que isso chegue ao fim e a mulher seja tratada como deve ser com respeito e admiração”, afirmou.




O parlamentar argumentou que até Deus,de sua infinita glória, olhou para as mulheres com valorização e graça, ao trazer Jesus ao Mundo através da virgem Maria. “E foram as mulheres que tiveram o privilégio divino de primeiro verem Jesus Ressuscitado dentre os mortos. Mas, o mundo ainda não deu o valor e o respeito devido a elas. Por isso, parabenizo todas as mulheres pelas suas lutas justas e contem com o meu apoio e do nosso mandato”, garantiu.