Em Campina, Marina promete levar projeto de Ricardo para o país

A ex-senadora Marina Silva, candidata à Presidência da República pelo PSB, anunciou na tarde deste sábado (13), em Campina Grande, que vai transformar o programa Cidade Madura, idealizado na Paraíba pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), em política nacional de habitação para os idosos de baixa renda. O anúncio ocorreu durante comício realizado no Parque do Povo.

Os primeiros condomínios exclusivos para idosos foram construídos em João Pessoa e Campina Grande. Quatro dias antes do trágico acidente que tirou a vida do ex-governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB), Mariana esteve com ele na capital paraibana visitando o projeto.

Marina afirmou que vai ajudar o governador Ricardo Coutinho na atração de mais recursos para a Paraíba, principalmente em áreas prioritárias. Ela anunciou que em seu governo 10% da arrecadação bruta será destinada para a saúde e garantiu que não deixará sua gestão se contaminar com as velhas práticas políticas. “Queremos governar com os melhores, não nos conformamos com a história de que para governar, o gestor tem que se render aos interesses daqueles que não estão preocupados com o povo”, disse.

A presidenciável do PSB ainda se comprometeu em honrar o legado de Eduardo Campos e assegurou a conclusão das obras de transposição do São Francisco e da revitalização das bacias do rio. Ela também disse que vai preservar os projetos e ações que vêm dando certo no governo Dilma. “Queremos acabar com as coisas ruins, como a corrupção, e aperfeiçoarmos as coisas boas, como o Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida, FIES e Pronatec”, adiantou.

Para Marina, o crescimento de sua campanha em todas as regiões do País tem feito com que seus adversários concentrem os ataques em sua direção, plantando calúnias e boatos. “Quero apenas o direito de fazer os debates sobre as propostas incluídas no nosso plano de governo, para que nosso País melhore para os brasileiros”, desabafou.

A Pirâmide do Parque do Povo ficou pequena para tanta gente que foi demonstrar apoio às candidaturas de Marina Silva e Ricardo Coutinho. Prefeitos de vários municípios da região e candidatos a deputado federal e estadual da coligação ‘A Força do Trabalho’ também prestigiaram o ato público, que foi iniciado com 1 minuto de silêncio em homenagem aos 30 dias da morte de Eduardo Campos