Em plenária com a Juventude 45, Cássio critica autoritarismo

Durante evento batizado de “Plenária da Juventude”, na noite desta segunda-feira, 4, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato a governador pela Coligação A Vontade do Povo, voltou a criticar duramente a postura ditatorial do atual Governo do Estado, que se comporta mais como “gasolina em incêndio” do que “algodão entre cristais” na relação com a sociedade.

Para um público formado especialmente de jovens, que se reuniram na casa de recepções Versailles, no Bairro dos Estados, em João Pessoa, Cássio fez um discurso no qual, historicamente, de forma didática, censurou as atitudes de um governador que imagina não ter limites pelo simples fato de ter sido eleito por força das urnas.

- Na luta pela democracia, o Brasil experimentou um período de exceção marcado por um governo instaurado ilegitimamente. Mas isso não quer dizer que governos que tenham a legitimidade popular podem fazer o que quiserem. É preciso sempre respeitar o contraditório e o que vimos atualmente na Paraíba é um governo que acredita que o fato de ter sido eleito pelo voto popular, lhe concede o direito de obrigar a prestadores de serviços serem também os seus cabos eleitorais - , disse o candidato a governador pela Coligação A Vontade do Povo.

Cássio denunciou que prestadores de serviços estão sendo convocados por alguns chefes de setores de secretaria para escolherem determinados horários para se integrarem à equipe de campanha: às 6h da manhã ou após as 18h. Considerando extremamente grave e danoso esse tipo de pressão à democracia, o tucano lamentou que, no discurso para pessoas humildes, se use o argumento de que elas são "pagas pelo governo do PSB".

Estiveram presentes na Plenária da Juventude 45, candidato a senador Wilson Santiago, o vice governador Rômulo Gouveia e Pedro Cunha Lima, candidatos a deputado federal;  Wilson Filho, que disputa a reeleição à Câmara Federal, além de postulantes a deputado estadual Edmilson Soares, Coronel Kelson Chaves e Camila Toscano.

Diversas entidades estudantis participaram da Plenária a exemplo da representação do DCE's da Universidade Maurício de Nassau e do IESP, Movimento Inovar do Unipê, Federação dos Estudantes Secundaristas da Paraíba, Andre Coelho, (ex-Funjope) Jair Soares, Centro Estudantil Universitário Paraibano, além dos movimentos de juventude de todos os partidos da Coligação A Vontade do Povo.