Escola do Legislativo está com matrículas abertas

Quem pretende estudar na Escola do Legislativo "Félix de Sousa Araújo" já pode fazer as inscrições para as 300 vagas disponíveis neste semestre. As aulas começam no dia 2 de março para os cursos normais e no dia seguinte, para o cursinho pré-Enem.  Os alunos não pagam taxa de matrícula e devem ter idade a partir dos 16 anos para inscrever-se. A instituição é vinculada à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), por meio de sua Mesa Diretora, e é supervisionada pela Secretaria Legislativa.

Para o primeiro semestre de 2015 são oferecidos cursos de línguas estrangeiras como inglês, espanhol e francês em diversos níveis, além de redação oficial. Também estão disponíveis o cursinho pré-Enem, curso de Informática, normas de cerimonial, procurador e técnico legislativo, taquigrafia e capacitações continuadas. A escola também oferta curso de Libras e as turmas de línguas são formadas, no máximo, com cerca de 25 alunos.

A Escola do Legislativo é a 5ª instalada no país e auxilia na capacitação dos servidores da ALPB e seus dependentes, além de atender a pessoas de baixa renda. A instituição funciona desde fevereiro de 2003 e está localizada no prédio do Anexo VI da Assembleia Legislativa, na avenida Dom Pedro I, 445, no Centro de João Pessoa.

De acordo com a diretora da escola, Maria Helena Toscano de Barros, existe uma parceria com a Secretaria de Estado da Educação. "Por meio desta parceria, nós oferecemos também o EJA - Educação de Jovens e Adultos, nos níveis fundamental e médio, para alunos que saíram da blocagem. Então, eles nos procuram e fazem EJA em três semestres", explica.

Há ainda os cursos voltados para a atividade fim da Assembleia Legislativa. "São os cursos de Cerimonial e Ordem de Precedência, Atendimento ao Cliente, Relacionamento Interpessoais, e existe ainda aqueles cursos quando há uma demanda dos gabinetes dos deputados, para capacitar seus assessores", destaca a diretora da escola.

Também são oferecidos cursos com carga horária menor, nas áreas de secretariado, relacionamento interpessoal e higienização de ambientes, segundo Maria Helena Toscano. A cada semestre é feito um planejamento com base nas necessidades da Assembleia Legislativa então são elaborados cursos, minicursos ou palestras.

Até esta sexta-feira (20), a escola já registrava 128 alunos novatos. A previsão da direção da escola é de que os alunos que já cursam alguma capacitação renovem a matrícula na próxima semana. A Escola do Legislativo mantém uma boa média de aprovação em concursos vestibulares com cerca de 90% dos alunos, entre servidores e dependentes.