Estado cede uso do antigo Hotel Globo para PMJP







Governador em exercício assina termo de cessão de uso do antigo Hotel Globo para a Prefeitura de João Pessoa

O Governo do Estado e a Prefeitura de João Pessoa firmaram nesta quarta-feira (30), no Salão Nobre do Palácio da Redenção, um Termo de Cessão de Uso do antigo Hotel Globo por um prazo de 10 anos, podendo ser prorrogado por igual período.  A parceria objetiva a realização de obras de reforma do prédio histórico para que, revitalizado, passe a ser mais utilizado e visitado por paraibanos e turistas.

O Termo de Cessão de Uso foi assinado pelo governador em exercício Romero Marcelo da Fonseca Oliveira e pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo. O governador em exercício destacou que a parceria firmada entre o Estado e o Município visa preservar o antigo Hotel Globo.  “É um importante monumento de nossa cidade, um marco da pujança de João Pessoa de tempos atrás. O Governo do Estado está cedendo o uso para a Prefeitura municipal, que está desenvolvendo um projeto de revitalização de toda parte antiga da cidade”, argumentou.

De acordo com o governador em exercício, é preciso preservar o patrimônio histórico e cultural da cidade. “A iniciativa da Prefeitura é muito importante e o Estado está contribuindo com esse projeto de revitalização”, afirmou, acrescentando que o antigo Hotel Globo continua pertencendo ao Estado.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, revelou que a cidade é a terceira capital mais antiga do País com patrimônio histórico e cultural riquíssimos. “A parceria com o Governo do Estado é essencial. São duas instituições que hoje dão as mãos, trabalham conjuntamente e isto é um exemplo do quanto a gente pode fazer mais quando se está junto. A ideia é montarmos um equipamento de visitação permanente e que conte a história de nossa cidade”, ressaltou.

Cartaxo informou que a revitalização do Hotel Globo está inserida num projeto que inclui todo o Centro Histórico. Ele adiantou que em setembro será entregue a Casa da Pólvora, totalmente restaurada. Dentro desse projeto, já foi feita a revitalização da Praça da Pedra e os casarões do Centro Histórico também serão recuperados, bem como está prevista a revitalização da Praça da Independência

O presidente da Fundação Casa de José Américo, Damião Ramos Cavalcanti, que também preside a Academia Paraibana de Letras, prestigiou a solenidade e afirmou que a parceria firmada com o município de João Pessoa é emblemática porque o Estado descentraliza parte dos cuidados que se deve ter com o patrimônio. “No Hotel Globo se hospedaram muitas pessoas que participaram da construção da nossa cidade, construíram nosso progresso e o antigo hotel hospeda os valores da memória. Cuidar desse patrimônio é justamente não deixar que a memória se apague”, disse.