Estela diz que foi agredida e impedida de deixar hotel

A deputada estadual Estela Bezerra (PSB) distribuiu uma nota, por sua assessoria, lamentando os fatos ocorridos no encontro do seu partido, na orla marítima de João Pessoa. Ela trocou insultos com militantes socialistas, partidários da vereadora Sandra Marrocos. Na nota, Estela não desmente a troca de insultos, mas ataca quem teria distribuído o vídeo, que, segundo ela, eram pessoas "imbuídas de má fé".

O entrevero aconteceu numa sala do hotel onde se realizava o primeiro dia do encontro do PSB Mulher. O vídeo foi gravado por um participante da reunião socialista. Estela vai ao ataque na nota e disse que "o projeto construído pelo PSB na Paraíba é maior que as diferenças pontuais e isoladas".

Estela argumenta que foi agredida após a discussão sobre a eleição do novo grupo dirigente que será conduzido por uma gestão bianual. "A certa altura, tentei me retirar do hotel do recinto, mas fui intimidada por gravações e impedida de sair do local de forma vioenta", relata a deputada.

Ela se diz profundamente abala e consternada pelo ocorrido.