Famoso apresentador paraibano morre após complicações da pneumonia

Morreu em São Paulo, na madrugada desta segunda-feia (5) o cantor, compositor, radialista e apresentador de TV Barros de Alencar. O paraibano fez muito sucesso na rádio e TV nos anos 60.

A informação inicial foi dada por seu amigo e colega de rádio, Kaká Siqueira: “Hoje acordamos tristes com a partida do nosso amigo BARROS DE ALENCAR…descanse em paz bom amigo…nossos sentimentos à toda família…”, escreveu.

Barros de Alencar estava afastado do rádio e da TV, pois se recuperava de uma cirurgia delicada na garganta e teve complicações por conta de uma pneumonia, indicada como acausa de sua morte. De acordo com Kaká, o sepultamento do corpo de Barros está previsto para 13h30 no cemitério Jardim das Primaveras Um, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Cristóvão Barros de Alencar nasceu na cidade de Uiraúna, na Paraíba. Começou seus trabalhos como radialista em João Pessoa. Nos anos 60, fez sucesso em emissoras na cidade de São Paulo, como rádios Tupi, Record e América.

Era sucesso da Jovem Guarda e em 1966 lançou seu primeiro compacto, com duas versões de músicas estrangeiras.Entre os canais de TV que trabalhou, um dos últimos foi a CNT. Ele teve sua temporada de sucessos na Super Rádio Tupi.

Do Fuxico