Governador diz que pode endurecer medidas restritivas

Em seu programa semanal de rádio, o governador João Azevêdo (Cidadania), admitiu hoje que, se for preciso, vai endurecer ainda mais as restrições para mobilidade das pessoas e aumentar o isolamento social. Ele disse que fará tudo que for preciso para resguardar a saúde dos paraibanos.

Eis o resumo da fala do governador.

Dados Gerais – A Paraíba tem hoje 35 casos confirmados de Covid-19. A grande maioria concentrada em João Pessoa. Cerca de 130 casos suspeitos ainda estão em investigação. As medidas estão sendo tomadas para evitar que novos casos não sejam registrados.

Contra Aglomeração – O governador João Azevêdo reforçou que fará de tudo para proteger a população paraibana e, se preciso for, poderá endurecer ainda mais as medidas preventivas já existentes.

Investimentos EPIs – A Paraíba está hoje abastecida com EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)  necessários para as equipes de saúde do Estado, principalmente as que estão atendendo nos hospitais de referência para esta pandemia.

Edital Pesquisadores – O governador João Azevêdo anunciou o lançamento de um edital, no valor de R$ 1 milhão, destinado a pesquisadores e cientistas, com o objetivo de incentivar a apresentação de propostas de monitoramento, análise e recomendações para rápida implementação diante da pandemia de Covid-19. O edital está sendo organizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba.

Medidas Econômicas – O governador João Azevêdo detalhou uma série de medidas econômicas e sociais tomadas devido ao isolamento social provocado pela pandemia do coronavírus. As medidas têm um amplo alcance, que vão desde às pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade, além de profissionais autônomos e trabalhadores informais, empresários de diversos ramos, que precisam pagar suas contas e manter os empregos formais, e os contribuintes e cidadãos de um modo geral.

Medidas sociais – Mais de 60 mil quilos de peixes e aves serão comprados principalmente de cooperativas aqui do Estado para serem distribuídos com a população de baixa renda da Paraíba. O governador detalhou outras medidas sociais que serão tomadas durante esse período de pandemia.

Empreender – O Governo do Estado, por meio do Programa Empreender-PB, vai conceder um aporte de R$ 8 milhões em créditos – entre assinaturas de contratos e novos créditos, a fim de ajudar os microempreendedores que enfrentam dificuldades pela falta de geração de renda devido ao isolamento social provocado pela pandemia do Coronavírus. Os contratos serão assinados em domicílio, para evitar aglomeração.

Testes rápidos – A Paraíba vai receber mais de 200 mil testes rápidos para detectar a Covid-19 na população aqui do Estado. Assim, será possível fazer testes de amostragem em várias regiões paraibanas, principalmente em cidades estratégicas, onde há um grande fluxo de pessoas.

Fake News – é preciso, cada vez mais, combater as Fake News divulgadas nesse período de pandemia. O governador pediu que a população se mantenha firme e tenha cuidado para não ser usada por aproveitadores políticos, interessados em se aproveitar desse momento tão delicado.

Vídeo conferência governadores  – O governador encerrou o programa falando sobre a videoconferência que seria feita, na tarde desta segunda, com os governador do Nordeste, para falarem sobre novas medidas que devem ser tomadas contra a propagação do Coronavírus. Ele também reforçou o pedido para que a população se cuide, evite aglomerações e priorizem o uso da máscara.