Governador extingue superintendência e restaura empresa rádio Tabajara

Um dia depois do Tribunal de Contas do Estado reprovar as contas da gestão da rádio Tabajara, o governador Ricardo Coutinho confirmou a extinção da superintendência. A rádio passa a ser uma empresa. A maior dificuldade para essa transformação eram dívidas com a Previdência que foram todas pagas pelo erário estadual.

O Diário Oficial do Estado, na edição desta quinta-feira (11), publicou a medida provisória que restaura a empresa. Com a decisão, alguns órgãos são extintos, inclusive o de superintendente, diretor administrativo e diretor financeiro.

A contratação de servidores para compor os quadros da empresa será por concurso público. Os atuais fundionários serão regidos pela Consolidação da Leies Trabalhistas (CLT).