Governo da PB qualifica mais de 7 mil servidores



O Governo do Estado, por meio da Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), qualificou 7.319 servidores em 2014. Ao todo, foram ministrados 338 cursos de capacitação. Entre os mais procurados estão Introdução à Qualidade no Atendimento ao Público, Português Básico e Informática Básica.

De acordo com o chefe do Núcleo de Seleção e Treinamento da Espep (Nuset), Rodrigo da Nóbrega, a qualificação beneficia não apenas o servidor, mas também a população. “Quando o Governo da Paraíba decide qualificar os seus servidores, assume o compromisso de prestar um serviço ainda mais eficaz, mais humanizado à sociedade, que é a razão do serviço público existir”, afirmou. “Qualificamos o servidor não apenas sob o aspecto técnico, mas também humano. Isso faz toda a diferença”, completou.

Rodrigo ainda explica que, para um melhor aproveitamento pedagógico, cada turma deve ter no mínimo 15 alunos e no máximo 40. “Esse limite que estabelecemos busca oferecer uma dinâmica pedagógica que seja eficaz, que melhore o desempenho do profissional que passa pela qualificação”, pontuou.

Todas as aulas ministradas pela Espep são presenciais. Acontecem no prédio da instituição. “Porém, quando por algum motivo, o servidor não tem condições de vir até nós, vamos a ele. É o que chamamos de Espep Imersão, que é quando as aulas são ministradas no próprio órgão interessado”, destacou Rodrigo da Nóbrega.

Metas - Na segunda quinzena de janeiro, haverá uma reunião com os responsáveis pelo setor de Recursos Humanos de cada secretaria. O objetivo é ouvir as necessidades que cada órgão tem para que seja definido o calendário de cursos que serão ministrados em 2015. “Essa reunião tem o objetivo de atendermos à demanda, as reais necessidades de qualificação e, assim, o estado possa otimizar a prestação dos serviços à comunidade”, esclareceu o chefe do Nuset.

Corpo Docente – Rodrigo da Nóbrega ressalta que um dos fatores de sucesso dos cursos ministrados pela Espep é o corpo docente. De acordo com ele, uma vez por ano é aberto um edital para escolher os futuros professores da Espep. “Para a contratação dos professores, é necessário que todos os requisitos sejam preenchidos. Com isso, conseguimos levar aos servidores paraibanos cursos ministrados com uma excelente qualidade”.

Quem pode participar – Outra grande qualidade dos cursos da Espep é o processo de inclusão. Podem participar dos cursos de formação todos os servidores estaduais da administração direta ou indireta, efetivos, comissionados, prestadores de serviço e estagiários.

Ao fim do curso, todos recebem certificado. Outro compromisso que o estado assume com esses servidores é oferecer material didático sem nenhum custo.

Uma das novidades para 2015 é a retomada do Projeto Espep Itinerante, realizado em parceria com as prefeituras de cada cidade polo. “É importante que, para um maior benefício à sociedade, o processo de qualificação se estenda também aos servidores municipais. Para isso, o estado fornece todo o suporte humano e as prefeituras entram com a outra parte da estrutura necessária, como hospedagem e alimentação”, finalizou.