Governo paga 4 parcelas do auxílio até julho

Em entrevista exclusiva ao programa Correio Debate, da TV Correio, nesta sexta-feira (12), o ministro da Cidadania, Onix Lorenzoni, disse que o Governo Federal deve concluir o pagamento das quatro parcelas do auxílio emergencial na primeira semana de julho. "O governo Bolsonaro montou esse programa que já atinge mais de 60 milhões de pessoas. Nos EUA um terço dos benefícios não chegou ao seu destino. Nós atendemos uma Itália inteira ou uma Argentina e meia. Nós já pagamos para 50 milhões da primeira e segunda parcelas. A terceira parcela deve ser paga na primeira semana de junho ou primeira semana de julho", afirmou.

Onix Lorezoni disse que o governo Bolsonaro entende que o Bolsa Família precisa ser remodelado. "O programa de renda mínima é um programa de segurança das pessoas, mas que elas possam buscar prosperidade como pessoas e como família. Estamos ouvindo pessoas dentro e fora do Brasil, para permitir apoio e fortalecimento em busca da emancipação daquelas famílias", comentou. "É bom lembrar que herdamos um país quebrado, endividado e com um petróleo e um mensalão. Recuperamos o país, e o grande símbolo é investimento de 500 bilhões que atraímos para essa década".




Ele defendeu a ideia do programa Carteira Verde e Amarela e disse que seria uma forma de que esses brasileiros venham a ser inseridos dentro de um Brasil formal. "Nós precisamos fazer uma série de ações para que esses 25 milhões de invisíveis, pessoas que os governos passados não enxergaram, venham e sejam inseridos no Brasil do emprego formal", disse.




Segundo o ministro, não necessariamente haverá a unificação de programas sociais do Governo Federal, mas os que existem precisam passar por reformulações e alguns fundidos.