Horta comunitária vai ressocializar apenados de quatro municípios da Paraíba

Uma horta comunitária é uma das opções encontradas pelo deputado estadual Trócolli Junior (PROS), o prefeito de São João do Rio do Peixe José Airton Pires de Sousa (PP) e a Comarca local para promover a ressocialização de apenados de pelo menos quatro municípios da região. Além de São João do Rio do Peixe, devem ser beneficiados com o projeto os apenados de Santa Helena, Bernardino Batista e Poço de José de Moura.

A proposta deve ser implementada em breve, mas para que ela ganhe vida e possa sair do papel para a prática, foi solicitado ao presidente da Cagepa, Hélio Cunha Lima, a cessão de um terreno pertencente à Companhia e que servirá de ambiente para a instalação da horta. De imediato, Hélio Cunha Lima autorizou a proposta.

Trócolli, Airton Pires e Hélio Cunha Lima, além dos diretores administrativo e financeiro e de expansão da Cagepa, respectivamente, José Gurgel de Souza e Simão Araújo Barbosa de Almeida, estiveram reunidos nesta sexta-feira (09) onde firmaram a parceria para a implantação da horta comunitária.

“Esse projeto pode mudar a vida dessas pessoas que cometeram delitos, estão cumprindo suas penas como manda a lei e precisam ser reinseridos na sociedade para não voltarem mais ao mundo do crime. É por isso que apoiamos essa proposta e intermediamos essa conversa com o presidente da Cagepa que, como sempre tem feito, logo aprovou a nossa solicitação, juntamente com a prefeitura e a Comarca de São João do Rio do Peixe”, informou Trócolli.

O parlamentar acrescentou que somente projet12os como esse podem transformar a realidade do sistema carcerário do Brasil e também a vida de homens e mulheres que esperam uma nova chance de recomeçar. “Nós não podemos e nem devemos virar as costas para essas pessoas que esperam apenas uma oportunidade de começar uma vida nova longe da criminalidade. Esses apenados vão ter a chance de aprender um ofício e de ter uma renda para manter suas famílias. É de mais projetos assim que nossa Paraíba precisa”, ressaltou.

O prefeito Airton Pires agradeceu ao deputado Trócolli e ao presidente da Cagepa, Hélio Cunha Lima, pela disposição em apoiar a proposta e pela união de forças para colocá-la em prática. “A prefeitura vai comprar parte da produção que sair dessa horta comunitária e ela vai se transformar em merenda escolar no nosso município. A outra parte será doada aos próprios apenados que poderão vende-la na feira livre e ter uma renda garantida e mais dignidade. Por isso, quero agradecer o apoio do deputado e do presidente da Cagepa, que apoiou a prefeitura e a Comarca de nossa cidade, porque sem o apoio deles essa proposta não teria saído do papel”, enfatizou.

Mais aliados

Também são aliados nessa proposta transformadora e de inserção social, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Humano, que dará assistência social aos apenados;  a Emater, que prestará assessoria técnica; e a Secretaria de Agricultura de São João do Rio do Peixe.