Hospital Edson Ramalho ganha nova estrutura

O Governo do Estado entregou, na tarde desta quarta-feira (24), a nova estrutura do Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho, que integra a rede hospitalar da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Na reforma da recepção da urgência, emergência e maternidade foram investidos R$ 233 mil, incluindo os serviços de reconstrução e a nova mobília. A inauguração contou com as presenças do secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, e do comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves.

“A Polícia Militar não tem somente o trabalho combativo, mas também as ações sociais e a assistência hospitalar é uma delas. A prova está aqui no Edson Ramalho que, neste momento, entrega à população um local mais confortável, o que proporcionará um serviço mais humanizado”, disse o secretário Waldson Souza, lembrando que a o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, está investindo mais de meio milhão de reais em equipamentos que vêm sendo instalados no hospital.

Para o coronel Euller Chaves, a inauguração é um símbolo da dignidade somado a mais respeito pela população. Já a diretora geral da unidade hospitalar, coronel Socorro Uchôa, disse que o Edson Ramalho é um hospital que busca alcançar metas partindo do princípio da humanização. “Esta reforma faz parte do serviço mais humanizado, pois vai proporcionar o primeiro conforto e acalento a quem nos procura em momentos de dor”, falou.

O local reconstruído ganhou portas, janelas e banheiros (masculino e feminino) novos; um espaço mais organizado para a equipe de assistentes sociais e psicólogos; novo espaço com computadores mais modernos para a parte de triagem dos pacientes; reforma total da sala de classificação de risco e climatização de todo o ambiente da recepção. Ainda foi criado um espaço de jardinagem no estacionamento do hospital.

O setor de urgência atende, diariamente, uma média de 200 pessoas de todos os municípios paraibanos e até de outros estados. Sendo hospital de médio porte, possui 152 leitos, tem cerca de 1.300 funcionários e realiza, mensalmente, uma média de 55 mil procedimentos.

Dos 41 serviços oferecidos, dois são referência para todo estado: oftalmologia, no qual são realizados transplantes de córnea e cirurgias de catarata, e o Serviço de Reabilitação Auditiva, que atende cerca de 300 pessoas, mensalmente, e entrega uma média de 200 aparelhos. No local, são realizados todos os exames necessários para o diagnóstico da perda auditiva: audiometria, BERA (audiometria de troncocerebral); imitanciometria (avaliar o funcionamento do tímpano) e o teste da orelhinha.

Durante a solenidade da inauguração, 51 funcionários foram homenageados com comendas pelos bons serviços prestados ao Hospital Edson Ramalho.