Imprensa nacional destaca atrativos turísticos da Paraíba

Os atrativos turísticos da Paraíba  foram destaque em matéria publicada no caderno Boa Viagem, edição desta quinta-feira (24) do jornal O Globo (RJ).  A reportagem, assinada pela jornalista Júlia Amin, narra um roteiro que contempla desde as belezas naturais das praias do Litoral Norte e do Litoral Sul, passando pelo Centro Histórico de João Pessoa até atrativos localizados no interior do Estado como o Lajedo do Pai Mateus, em Cabaceiras.

“João Pessoa é o ponto de partida para explorar riquezas do estado, entre praias selvagens, riqueza do patrimônio histórico e cultural da Capital e os mistérios das pedras do Lajedo do Pai Mateus, em Cabaceiras - cidade conhecida como a “Roliude Nordestina”, enfoca a reportagem.

Segundo a matéria, com as “praias paradisíacas incrivelmente preservadas, a Paraíba nos dá uma ideia de como seria o país antes da colonização”. A jornalista Júlia Amin ainda destaca: “O estado respira história, dos colonos e dos indígenas, que contam 30 km de áreas legalmente protegidas no litoral norte, onde há 32 aldeias potiguaras”.

Na matéria, a jornalista diz que para quem busca um roteiro de belezas naturais pouca explorada em relação a outros estados do Nordeste encontra na Paraíba o local ideal. Ela também destaca, entre outras belezas naturais das oito praias urbanas da Capital, as piscinas naturais de Picãozinho (formação de recifes a cerca de 2 km da praia de Tambaú).

 Volta ao Passado – Júlia Amin aponta no texto que a Capital completou no dia 5 de agosto desse ano 430 anos e ganhou o Teatro Pedra do Reino, localizado no Centro de Convenções de João Pessoa. Ela ressalta que para saber mais sobre esses quatro séculos de vida, vale um passeio ao Centro Histórico de João Pessoa, às margens do rio Paraíba,  bem como faz referências elogiosas ao por do sol do Jacaré ao som do Bolero de Ravel, na mesma região. Cita ainda um novo passeio: A Ilha da Restinga para a realização de trilhas ecológicas e repousar em uma rede a beira do rio.

Ainda no litoral Norte, a reportagem dá um destaque especial para Baía da Traição (município cercado por aldeias potiguaras), onde é realizado um passeio às aldeias indígenas da região e trilhas locais, além de e uma visita à unidade de proteção do peixe-boi marinho; e ainda comenta sobre o encontro do rio com o mar em Barra de Camaratuba (Mataraca): “Essa comunidade simples que convive com belezas naturais parece mesmo preocupada com a tábua da maré que enche ou diminui o volume das águas do rio que dá nome à cidade, que é marcada por uma extensa praia com 13 km de mar aberto conectada ao rio local por nostálgicos passeios de jangada administrados por índios potiguaras que vivem na região”.

Júlia Amim ressalta que quem gosta de aventuras pode fazer uma caminhada em um trecho raso do manguezal, com coloridas espécies de caranguejos, e ainda conhecer o Projeto Na “Trilha do Caranguejo Uca” – criada pela ONG SOS Caranguejo Uçá.

Litoral Sul – A reportagem destaca que quem visita João Pessoa tem uma parada na Costa do Conde (a 17 km da capital) com praias com cenários belíssimos, a exemplo de Coqueirinhos, Tabatinga, Tambaba – praia naturista - entre outras. “Além das praias, o Conde oferece caminhadas por falésias, piscinas naturais e mata Atlântica”, observa.

Lajedo do Pai Mateus – Júlia Amin afirma no texto que a Paraíba capricha em cenários e mistérios das pedras do Lajedo do Pai Mateus. Localizado em Cabaceiras, cidade do semiárido a cerca de 180 km da capital, na fotogênica região do Cariri, o local ocupa uma área privada de um hotel fazenda local e abriga uma impressionante sequência de blocos de granito arredondados que vão assumindo novas tonalidades ao longo do dia.

Júlia Amin, de O Globo, veio à Paraíba atendendo um convite da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) em agosto deste ano. A ação contou com a parceria da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH-PB) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-PB).