Iniciados preparativos do 21º Salão de Artesanato



A pouco mais de dois meses para o início do 21º Salão de Artesanato da Paraíba, mais de 150 profissionais entre artesãos, arquitetos e decoradores trabalham nos preparativos do evento, que será realizado de 18 de dezembro a 25 de janeiro de 2015, na antiga associação do BNB, na orla do Cabo Branco, em João Pessoa.



O Salão é uma realização do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) por meio das secretarias de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Educação, Saúde, além do Detran, Codata e da Funesc. O programa recebe ainda a parceria do Sebrae-PB, Banco do Brasil e Programa de Artesanato Brasileiro (PAB).



Além do projeto arquitetônico de Gustavo Vaz e a decoração de Jonas Lourenço, Roberta Xavier, Flora Meira o evento conta com a participação de estudantes da área de design e cerimonial do Instituto Federal da Paraíba (IFPB).



Para a coordenadora do Programa de Artesanato da Paraíba, Lu Maia, os visitantes poderão encontrar peças exclusivas a preços variados, além de aprender sobre a cultura paraibana. “Queremos envolver cerca de 2 mil artesãos de vários municípios da Paraíba, através de cooperativas, associações e empreendedores individuais. Em relação às vendas, esperamos o aumento do faturamento em relação ao ano passado”, adiantou.



Tema



Nesta edição, as habilidades das crocheteiras paraibanas ganharão destaque nas vitrines do Salão com uma decoração especial voltada para a habilidade manual. “Levaremos todo o charme e design dessa arte [crochê] e estamos em conversa com as crocheteiras para que produzam algumas peças exclusivas. Entre os destaques, se fará presente o trabalho da crocheteira Lenilda, de João Pessoa, que vai confeccionar um presépio em crochê, por ser próximo da época natalina”, frisou Lu Maia.



Prazo de entrega



Este ano, os responsáveis pela variedade de tipologias farão a entrega dos produtos de maneira sistemática em dois pontos principais: em Campina Grande na Estação Velha e, em João Pessoa, na Casa do Artesão, localizada na rua Maciel Pinheiro, no Centro.



Os artesãos devem ficar atentos às entregas por tipologias: brinquedo popular, artesanato indígena e madeira (3/12), cerâmica (4/12), fibra e couro (5/12), tecelagem e algodão colorido (6/12), metal e fios (7/12), habilidades manuais (9 e 10/12) e gastronomia (17/12).



Também será montada uma praça de alimentação voltada para a gastronomia paraibana, onde será possível degustar as comidas típicas, a exemplo de biscoitos caseiros, pamonha, canjica, milho, rapadura, cuscuz, purê de macaxeira e outras iguarias.



Além da tipologia homenageada do crochê, os artesãos irão expor seus trabalhos em cerâmica, madeira, tecelagens, fios, fibras, brinquedos populares, couro, metal e habilidades manuais.



Funcionamento 



O Salão vai funcionar diariamente das 15h às 22h, até o dia 25 de janeiro. As exceções são para os dias 24, 25 e 31 dezembro, bem como para o dia 1º de janeiro, quando o evento será fechado para as festas de final de ano. A visitação será gratuita.