Inscrições abertas para técnico de campo do Senar

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural da Paraíba está credenciando técnicos para atuarem na assistência e gerenciamento rural no Estado. O edital está permanentemente aberto à todas as pessoas jurídicas.

A assistência técnica do SENAR funciona desde 2015 e atua diretamente com os produtores rurais. Com nível médio (técnicos agrícolas, agropecuários, em agronegócio) ou de nível superior (engenheiros agrônomos, zootecnistas, veterinários), é necessário ter seis meses de experiência no campo, além de disponibilidade para viagens e interesse na produção rural.

O técnico de campo atua diretamente no aumento de produção e produtividade da propriedade, também busca a parte gerencial. Ele será capacitado a trabalhar com gestão e administração de propriedades. O SENAR possui um software próprio que ajuda na coleta de dados e é mais uma ferramenta para tomar decisões.

Cada técnico fica condicionado a trinta produtores, com quatro horas mensais para cada produtor. O prazo mínimo como grupo de produtores é de um ano.

“O que a gente preza com assistência técnica é que o produtor seja bem remunerado para que cada vez mais ele fique no campo, que tenha condição de remunerar pessoas, que o filho dele queria cada vez menos vir para cidade por falta de oportunidade”, afirma o chefe do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural, Gabriel Petelinkar.

O SENAR já tem uma experiência de atendimento ao produtor rural há 25 anos. Fazer parte de uma empresa que é reconhecida nacionalmente e está ligada ao produtor rural, é uma grande vantagem. O técnico de campo acaba levando consigo todas as outras ferramentas que o SENAR tem a oferecer.

“Ele acaba sendo também um facilitador daquela comunidade. Muitas vezes o técnico de campo identifica ações como PR, PF que são adequadas para aquela região”, conclui Gabriel.