Julgamento de Ações contra governador no TRE será amanhã

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba julga amanhã (4) duas Aijes (Ações de Investigação Judicial Eleitoral) que pedem a cassação do governador Ricardo Coutinho. Ele é acusado de abuso de poder político e econômico para conseguir a reeleição em 2014.

A coligação ‘A Vontade do Povo’, autora da ação, acusa o governador de utilizar a máquina administrativa para capitalizar votos através de renúncia fiscal de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias), isenção ou redução de IPVA e taxas do Detran, que beneficiaram diretamente 221 mil eleitores, além de distribuir ingressos para jogos de futebol usando o programa Gol de Placa. Esses benefícios custaram aos cofres públicos mais de 152 milhões e 386 mil reais.

Aije da Polícia

A outra Aije acusa o governador de abuso de poder político por conceder benefícios e vantagens pecuniárias a policiais civis, militares e bombeiros; promover indiscriminadamente 585 policiais civis às vésperas da eleição, empregar o aparato policial em prol do projeto de reeleição e usar a polícia para tentar invadir o comitê de campanha do adversário, Cássio Cunha Lima, na véspera da eleição com o objetivo de causar embaraço político junto à opinião pública.