Maioria dos condutores da Paraíba tem entre 30 e 59 anos

A maioria dos condutores paraibanos é do sexo masculino e tem entre 30 e 59 anos. De 766.664 paraibanos habilitados, 566.830 são homens e 199.834 mulheres. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) aproveitou a proximidade das datas comemorativas 25 de julho (Dia do Motorista) e 27 de julho (Dia do Motociclista) para divulgar o novo perfil dos condutores no Estado.



Divididos por faixa etária, 191.551 condutores paraibanos têm entre 18 e 29 anos. Com idade entre 30 e 59 anos estão 478.347 condutores e 96.766 têm acima de 60 anos. A média geral é de 41 anos.



O perfil dos condutores paraibanos também revela a distribuição por categoria da Carteira Nacional de Habilitação: a maioria dos condutores (286.062) tem CNH na categoria “B” que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é aquela para condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A, cujo peso bruto total não exceda a 3,5 mil quilos e cuja lotação não exceda a oito lugares, excluído o do motorista.



Em seguida, aparecem 239.004 condutores habilitados na categoria AB, o que permite a condução de motocicletas ou carros com até 8 passageiros. Os condutores habilitados na categoria “A”, específica para motociclistas ou condução de veículos motorizados de três rodas, com ou sem carro lateral, são 33.135.



Na categoria C , para condutores de veículos motorizados utilizados em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda a 3,5 mil quilos, estão habilitados 17.405 paraibanos. Na categoria D, para condutores de veículos motorizados utilizados no transporte de passageiros, cuja lotação exceda a oito lugares, excluído o do motorista, estão 39.121.



Na categoria E, para condutores de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas Categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semi-reboque ou articulada, tenha 6 mil quilos ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a oito lugares, ou, ainda, seja enquadrada na categoria trailer, estão habilitados apenas 5.825 paraibanos.



Os demais condutores têm carteiras de habilitação que combinam categorias mais especializadas para transporte de cargas ou de passageiros, sendo 48.246 na categoria AD; 15.203 na categoria AC e 9.055 na categoria AE.



Existem ainda 73.610 condutores que aparecem no sistema com a categoria da CNH indefinida, incluindo aqueles que possuem o Prontuário Geral Único (PGU), o modelo antigo da Carteira Nacional de Habitação, ainda sem a fotografia do condutor, e os condutores que estão iniciando o processo para a retirada da CNH, mas já constam no Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach).



A CNH pode ser renovada até 30 dias após a data de validade que é de um ano para a permissão de dirigir (primeira habilitação), cinco anos para condutores com até 65anos de idade e três anos para condutores acima de 65 anos.



O Detran alerta que muitos condutores flagrados com a CNH vencida alegam que esqueceram de verificar a data de vencimento e são multados porque, segundo o artigo 162 do Código de Trânsito Brasileiro, transitar com a CNH vencida representa uma infração gravíssima, com sete pontos no registro.



 Municípios com mais condutores - Os municípios paraibanos com o maior número de condutores são João Pessoa (294.814), Campina Grande (136.201), Patos (27.965), Santa Rita (22.339), Bayeux (19.873), Cajazeiras (16.364), Cabedelo (16.142), Sousa (13.287) e Guarabira (12.600).



 Redução de taxas - O Governo do Estado reduziu em 80% as taxas do Detran para aquisição da Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC), as motocicletas abaixo de 50 cilindradas conhecidas como cinquentinhas, e em 40% as taxas para que pessoas com mais de 65 anos tirem ou renovem a CNH.