Mais de 36 mil processos no Fórum Cível da Capital em 2015

Mais de 36 mil processos físicos tramitaram no Fórum Cível da comarca de João Pessoa, em 2015. Do total de 36.686 processos distribuídos entre a varas do Fórum, 24.103 foram sentenciados pelos juízes que trabalham naquela unidade judiciária, segundo relatório divulgado pelo juiz Inácio Jario Queiroz de Albuquerque, diretor do Fórum Cível da Capital.

Os dados referentes ao trâmite de processo vêm complementar o relatório detalhado sobre as atividades realizadas no Fórum Cível de João Pessoa, referente ao ano judiciário de 2015, entregue ao presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Marcos Cavalcanti, na tarde da última segunda-feira (11). A entrega foi feita pelo diretor do Fórum, juiz Inácio Jario.

Para o magistrado, o momento é de prestar contas das atividades desempenhadas no primeiro ano de trabalho da diretoria do Fórum, nesta atual gestão do presidente Marcos Cavalcanti.

Para o magistrado, o Protocolo Integrado representou um significativo avanço ao Poder Judiciário estadual, já que a ferramenta proporciona economia de tempo e recursos financeiros para os advogados, partes e para a própria Justiça. “Afinal, o andamento das petições que aportam na unidade judiciária são encaminhadas, em tempo recorde, às suas respectivas comarcas”, frisou Inácio Jário.

Com o funcionamento do sistema, o número de comarcas alcançadas passou de 14 para 78, com uma média diária de circulação de 800 documentos.

O diretor Inácio Jario também destacou as palavras “segurança” e “acessibilidade” durante as ações desenvolvidas ao longo de 2015. “Providenciamos a adequação da faixa de pedestre nas proximidades do Fórum Cível, instalamos um piso emborrachado na rampa de acesso dos pedestres e reformamos as instalações de entrada da unidade judiciária”, informou o magistrado.

Para 2016, Inácio Jário afirma dar continuidade ao ciclo de capacitação de servidores. “Tivemos em 2015 o I Workshop com foco nas competências e lideranças, realizamos também um curso de Brigada de Incêndio e uma capacitação de vigilantes, capacitando 60 funcionários terceirizados”.

Fórum - Fórum (do latim forum) ou foro (ô) é o nome dado ao edifício em que estão sediadas as instalações do Poder Judiciário, onde trabalham os magistrados ou onde funcionam os tribunais judiciais de determinada localidade.

Na antiga Roma, o "forum" era a praça pública das localidades, onde ficavam os prédios destinados aos serviços administrativos e judiciais, e ainda, os principais pontos de comércio. Era a região de maior importância, o centro econômico, religioso, social e político de cada localidade. Ainda hoje se utiliza a palavra fórum para fazer referência ao conjunto de espaços onde são administrados assuntos jurídicos..