Ministro deseja sorte ao novo presidente do TCE-PB

O ministro do Tribunal de Contas da União – TCU Vital do Rêgo participou da posse do novo presidente do Tribunal de Contas da Paraíba – TCE-PB, ocorrida nesta sexta-feira (09) e destacou as qualidades do novo presidente. Ele frisou ter um “imenso prazer” em abraçar o conselheiro Umberto Silveira Porto, detentor de uma “carreira bonita, sendo o primeiro presidente que saiu dos auditores, entrando no tribunal como um técnico qualificado e respeitado”.

Vital também elogiou a atuação do conselheiro Fábio Túlio Filgueiras Nogueira, que deixou a presidência da corte de contas paraibana, destacando que ele adotou uma postura bastante equilibrada na condução do órgão. “Fábio Nogueira teve um comportamento homogêneo, com uma administração caracterizada por ações de longo prazo, uma administração moderna”.

O para Vital do Rego, as administrações do TCE-PB tem se destacado nos últimos anos, de forma extraordinária. “Fábio Nogueira tem feito isto, teve uma administração exemplar. Agora, com Umberto Porto e os demais integrantes da Mesa Diretora, tenho a certeza de que este modelo vai continuar evoluindo”, destacou o ministro.

Junto com o conselheiro Humberto Porto, tomaram posse os conselheiros Arthur Paredes Cunha Lima (vice-presidente), Fernando Catão (corregedor), Fábio Nogueira (presidente da 1ª Câmara), Arnóbio Viana (presidente da 2ª Câmara), Nominando Diniz (ouvidor) e André Carlo Torres Pontes (coordenador da Escola de Contas Conselheiro Otacílio Silveira).

Em seu discurso de posse, o novo presidente Humberto Porto disse estar se sentindo honrado e agradecido por encerrar a carreira tendo a oportunidade de presidir o tribunal, em cujos quadros funcionais teve dois ingressos: o primeiro, em agosto de 1989; e o segundo, em março de 1998. Em ambos os casos, por meio de concurso público. “É o ápice da minha carreira de servidor público, a qual encerro orgulhoso”, disse.