Mutirão DPVAT atinge um índice de 91,17 % de acordo

O Esforço Concentrado das Ações do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos de Via Terrestre – (DPVAT), realizado durante toda a semana que passou, teve a sua maior edição com 2.400 processos em pauta, oriundos de 28 comarcas do Estado. O Mutirão alcançou um índice de 91,17 % de acordos com 962 pessoas atendidas, o que resultou no montante de R$ 3.657.489,20 em pagamentos às partes. A maior conciliação efetuado foi de R$ 18.490,00 , enquanto que a menor atingiu R$ 148,50.

O mutirão, o primeiro de 2015, aconteceu no período de 25 a 29 de maio, no ginásio do Instituto Paraibano de Educação da Paraíba – UNIPÊ e foi realizado pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Os processos em pauta foram distribuídos pelas comarcas de João Pessoa, Bayeux, Cabedelo, Santa Rita Alagoinha, Alhandra, Araçagi, Arara,Araruna,Belém,Caaporã, Cacimba de Dentro,Cruz do Espírito Santo,Guarabira, Gurinhém, Itabaiana,Jacaraú, Lucena, Mamanguape, Mari, Pirpirituba, Pedras de Fogo, Pilar, Pilões,Pirpirituba, Rio Tinto,Sapé, Serraria e Solânea.

De acordo com o diretor-adjunto do Núcleo de Conciliação, juiz Antônio Carneiro, o mutirão superou todas as expectativas, tanto com relação ao montante de processos em pauta, quanto ao número de acordos firmados entre as partes. O magistrado enfatizou que este foi um dos mutirões mais bem organizado e que o mesmo foi elogiado tanto pelos advogados quanto pelas partes, que saíram bastante satisfeitas.

“Eu atribuo o êxito do mutirão, a forma de organização do evento. “Houve todo um planejamento diferenciado como forma de nos anteciparmos e superarmos alguns possíveis problemas”, enfatizou.

Para a realização do mutirão DPVAT, foram disponibilizados mais de 150 profissionais. A estrutura funcional das audiências contou com 80 conciliadores, distribuídos em 30 bancas, sete cabines de perícia, com 12 peritos, 40 servidores do TJPB, seis magistrados, além de representantes da Defensoria Pública, do Ministério Público e da Seguradora Líder, esta última, empresa responsável pelo pagamento do seguro.

O esforço concentrado teve a coordenação geral do desembargador Leandro dos Santos, diretor do Núcleo de Conciliação e Mediação do TJPB, e o trabalho foi realizado em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e as faculdades Maurício de Nassau, Unipê, Fesp e Iesp, visando alcançar número superior a 80% de homologações por meio da conciliação.

DPVAT – Para solicitar a indenização as vítimas de trânsito ou seus beneficiários, podem ligar para o número 08000221204. A ligação é gratuita para todos os estados brasileiros. Há ainda o 'fale conosco' , através do site oficial do DPVAT, www.dpvatsegurodotransito.com.br.