Mutuários vendem imóveis de conjunto em JP e CEF retomam 15 unidades

A Polícia Federal investigou e descobriu que mutuários do conjunto habitacional Irmã Dulce estavam vendendo seus imóveis. A Caixa Econômica Federal está tomando de volta 15 dessas unidades construídas em João Pessoa.

O conjunto habitacional Irmã Dulce foi construído há vários anos. Em média, o valor da prestação do mutuário é de R$ 25. Quando um beneficiário assina o contrato com a Prefeitura Municipal de João Pessoa e a CEF, ele fica com o nome vinculado ao imóvel por, pelo menos, dez anos. Durante todo esse período, não pode alugar ou vender a unidade.

Quando a Polícia Federal descobre a irregularidade, como no caso do conjunto Irmã Dulce, tanto quem comprou como quem vendeu perde tudo. Comprador e vendedor ficam impedidos de qualquer operação com instituições financeiras oficiais por dez anos e têm os nomes negativados em cadastros de créditos dos mutuários. Ambos respondem a processos judiciais.