OAB-PB executará judicialmente advogados inadimplentes

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), irá iniciar, na próxima segunda-feira (03), a fase de execução judicial de cerca de seis mil advogados inadimplentes com a anuidade da Instituição.

De acordo com o diretor tesoureiro da OAB-PB, Marcus Túlio Campos, o processo de renegociação das dívidas dos advogados com a Instituição começou no ano passado e este ano foram enviadas notificações para que os inadimplentes comparecessem a sede da Ordem e regularizassem os débitos. “Como muitos advogados não regularizaram a situação, iniciaremos as execuções na próxima segunda”, destacou.

Marcus Túlio ressalta que a inadimplência caiu de 53% para 47% na OAB-PB, desde o início da atual gestão, mas enfatiza que o número ainda é extremamente alto para os padrões de outros estados.

"A execução judicial é uma exigência do Conselho Federal da Ordem e a Paraíba precisa fazer a sua parte para que possamos reduzir a inadimplência a patamares aceitáveis", frisou.