Oposição na ALPB apresentará pedido de CPI dos Codificados

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa apresetará um pedido de instalação da CPI dos Codificados. Os deputados Brunho Cunho Lima e Tovar Correia lima (ambos do PSDB) começaram a recolher as assinaturas. Dez parlamentares já assinaram, faltando apenas Renato Gadelha (PSC) e Tarcísio Marcelo (PMDB).

Pelo regimento interno da ALPB, são necessárias 12 assinaturas para aprseentação de um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito.

Segundo o deputado Bruno Cunha Lima, existem divergências diversas entre a folha paga e o efetivamente disponibilizado no Branco do Brasil pelo Estado. De acordo ainda com o oposicionista, são pagos R$ 23 milhões, mas o governo informa repasses de R$ 29 milhões.

Bruno acrescenta ainda que há relatos de codificados que receberiam menos do que consta no folha de pagamento.

A opsoição também cobra a presença da secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, para explicar a lista divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado ao Sindifisco, com os salários pagos aos servidores codificados.