Ouvidoria do TJPB promove primeira audiência pública

A Ouvidoria do Tribunal de Justiça da Paraíba está ainda mais perto do cidadão. Com uma proposta inédita, o ouvidor do TJPB, desembargador Fred Coutinho, instituiu em seu plano de trabalho as audiências públicas. Nessas sessões abertas são reunidos todos o segmentos da sociedade civil organizada, para debater os problemas do município atendido para, em seguida, buscar soluções reais para os problemas de cada localidade.



A primeira audiência pública foi realizada na comarca de São Mamede, localizada no Sertão do Estado e distante 283 Km de João Pessoa. Lá, estavam presentes representante da Magistratura, Prefeitura Municipal, Câmara dos Vereadores, Ordem do Advogados do Brasil (OAB), polícias Cível e Militar, Igreja, entidades de classe e a população.



Vamos promover as audiências públicas em todas as comarcas em que a Ouvidoria visitar. É um compromisso da nossa gestão. O objetivo é ouvir a população no tocante às questões pertinentes ao Poder Judiciário estadual, para, junto à Mesa Diretora e demais órgãos, envidar esforços na resolução das demandas apresentadas”, afirmou Fred Coutinho.



O ouvidor disse que, em São Mamede, o Poder Judiciário está muito bem representado pelo juiz Rossini Amorim Bastos. “Mesmo não sendo titular daquela comarca, é um magistrado que veste a camisa e está preocupado com os anseios da sociedade”, comentou Fred Coutinho. Rossini é titular da comarca de Santa Luzia.



Segurança Pública 



Durante a audiência pública em São Mamede, de acordo com o ouvidor, a principal preocupação dos moradores do município está ligada à segurança pública. Os cidadãos informaram que têm ocorrido várias ações violentas na cidade. Com base nesses relatos, o tenente coronel Campos, responsável pelo destacamento da PM naquela cidade, que participava da audiência, se comprometeu em intensificar as ações da Polícia Militar na região.