Posse de Bertrand Asfora no MPPB será no sábado

 

Dois eventos programados para este sábado (29) vão marcar a posse do promotor de Justiça Bertrand de Araújo Asfora na recondução ao cargo de procurador-geral de Justiça (PGJ) do Ministério Público da Paraíba (MPPB). O primeiro, uma 'Celebração Ecumênica', acontece às 15h, e, em seguida, a partir das 17h, ocorre a realização de uma 'Sessão Solene de Posse' do Colégio de Procuradores de Justiça do MPPB, com a participação do governador da Paraíba, Ricardo Vieira Coutinho (PSB).

 

Os dois eventos vão ocorrer no mesmo local, nas dependências do Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima, localizado no Pólo Turístico Cabo Branco, em João Pessoa, na altura do quilômetro 5 da Rodovia PB-008. A nomeação de Bertrand Asfora pelo governador da Paraíba ocorreu no dia 7 de agosto. O procurador-geral reconduzido foi o mais votado na eleição que aconteceu a 29 de julho.

 

A lista tríplice de nomeação de procurador-geral de Justiça para o biênio 2015/2017, entregue ao governador no dia 3 de agosto, era encabeçada Bertrand Asfora. Na eleição realizada no dia 29 de julho no MPPB, os promotores de Justiça Bertrand de Araújo Asfora, Ádrio Nobre Leite e Carlos Romero Lauria Paulo Neto, respectivamente, foram os três mais votados pelos membros da instituição e passaram a compor a lista tríplice de nomeação entregue ao governador.

 

Bertrand Asfora obteve 133 votos (63%) dentre os 215 membros (procuradores e promotores de Justiça) que compareceram à votação. A lista ainda trazia o segundo colocado, Ádrio Nobre Leite, que registrou 113 votos (54%); e o atual secretário-geral da instituição, Carlos Romero, que obteve a terceira colocação na votação, com 109 votos (52%).

 

Perfil

 

Natural de Campina Grande, segunda maior cidade do estado da Paraíba, com quase 400 mil habitantes e localizada a 112 quilômetros da capital, João Pessoa, Bertrand de Araújo Asfora, 46 anos, é casado com Antuérpia Carneiro Medeiros Asfora e pai de três filhos: Rembrand (27 anos), Bertrand Filho (20 anos) e Brennand (18 anos).

 

Formado em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e ex-professor na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e na Fundação Escola Superior do Ministério Público da Paraíba (Fesmip-PB), Bertrand iniciou sua carreira profissional como advogado. É promotor de Justiça do Ministério Público da Paraíba (MPPB) desde o ano de 1995.

 

No MPPB, foi titular da Promotoria de Defesa do Consumidor de Campina Grande. Antes de disputar o cargo de procurador-geral de Justiça da instituição pela primeira vez, em 2013, ainda respondia pelas Coordenadorias Executiva do Ministério Público em Campina Grande e do Centro de Apoio Operacional às Promotorias Criminais (Caocrim) do MPPB, em João Pessoa.

 

Ele também já respondeu pela Coordenação na Paraíba da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp) do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP); da representação do Ministério Público no Comitê de Segurança Pública da Paraíba, por meio das Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp); e na 'Operação Risco Zero', também da Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba (Seds).

 

Em sua trajetória nesses 20 anos de Ministério Público da Paraíba, Bertrand Asfora já ocupou as coordenações da Fesmip em Campina Grande; e da Central de Acompanhamento de Inquéritos Policiais (Caimp), também em Campina Grande. Foi vice-presidente da Associação Paraibana do Ministério Público (APMP); coordenador do Segundo Caop (Centro de Apoio Operacional às Promotorias); e coordenador do Núcleo Administrativo de Campina Grande, secretário-geral do MPPB.

 

Na área de projetos da instituição, Bertrand Asfora atuou na 'Reinstalação da Fesmip-CG; na 'Secretaria Geral Online'; 'Fale com o PGJ'; 'Programa de Interiorização do MP', com um diagnóstico e reaparelhamento da instituição; 'Promotoria Autônoma'; 'Transmissão Online das Sessões do Colégio de Procuradores e do Conselho Superior do MPPB'; 'Portal 127'; 'Promotoria Segura', com a implantação da vigilância privada armada e eletrônica nas Promotorias de Justiça do interior; criação e instalação da 'Promotoria de Combate ao Crime de Sonegação Fiscal'.

 

Na sua primeira eleição para a lista tríplice ao cargo de procurador-geral de Justiça, em 2013, Bertrand Asfora registrou 142 votos a seu favor, seguido pelos promotores de Justiça Ádrio Nobre, com 124 votos, e João Geraldo Carneiro, com 90 votos. Atualmente, Bertrand é titular da 2ª Promotoria de Justiça de Combate à Sonegação Fiscal.