Prefeito da Grande JP ‘expulsa’ vereadora de sua base política

O prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PRP), enviou à Câmara Municipal, nesta terça-feira (13), um ofício (nº 164/2017) com um comunicado inadiável. No documento, lido pelo líder do governo, vereador Antônio do Vale (PRP), na sessão que marcou o início do recesso parlamentar, o gestor relembrou as dificuldades que encontrou ao assumir a gestão, em 2013, e destacou a importância do compromisso e da ética no posicionamento político dos representantes do povo naquela Casa Legislativa.

O comunicado ressalta, também, o esforço da atual gestão em manter as contas públicas em dia e em trabalhar para o desenvolvimento da cidade, sempre se pautando pela responsabilidade de suas ações.

Leto lembra, ainda, o convite feito a todos os vereadores eleito para integrar seu projeto em “uma parceria institucional e administrativa em prol do desenvolvimento sócio econômico do Município de Cabedelo”, e reforçou a importância da retidão e da coerência que todo homem público deve ter.

“A política, compreendo, é feita para se demonstrar transparência em suas posições, sem se envergonhar do que faz. Assim se firma biografia de um político. Eu sempre assumi as minhas posições como Vereador, Vice-Prefeito e agora Prefeito. Neste sentido, defendo com convicção a transparência das ações de um homem público, de forma a demonstrar sua personalidade e seu compromisso político e ético. Foi assim que pautei minha vida pública ao longo desses 30 (trinta) anos. Só o tempo é capaz de demonstrar as intenções das pessoas, já maldades se veem a todo instante”.

O prefeito aproveitou a oportunidade para agradecer aos parlamentares que compõem sua base governista pelo “ trabalho até então desenvolvido em defesa da atual gestão, de forma democrática, firme e coerente, visando o desenvolvimento do nosso Município, no interesse do povo de Cabedelo, sobretudo, aqueles que mesmo que não marcharam conosco nas eleições, entenderem ser um momento de unicidade em prol do crescimento de nossa amada terra”.

Por fim, o gestor anunciou a saída da vereadora Fabiana Régis (PDT) da bancada de situação, justificando sua dificuldade “em sair do palanque eleitoral e aceitar o resultado das eleições municipais e, por conseguinte, de trabalhar em parceria com a atual gestão municipal”.