Prefeito de Bayeux é preso; dinheiro de tentativa de extorsão foi escaneado

Bomba. O prefeito de Bayeux, Berg Lima (Podemos) foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira (05) durante operação do Grupo de Ações Especiais Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba e a Polícia Civil.

Berg Lima teria sido flagrado pela força tarefa do MPPB extorquindo empresários. O prefeito de Bayeux teria sido autuado por corrupção ativa.

O gestor estaria cobrando metade do dinheiro que a Prefeitura devia a eles, referente a gestão passada, para então liberar os pagamentos. Berg foi preso dentro de uma churrascaria na cidade de Bayeux.

O próprio  empresário denunciou a tentativa de extorsão. O coordenador do Gaeco, Octávio Paulo Neto, disse que o dinheiro foi escaneado e o recebimento das cédulas filmado. A polícia e o Ministério Público acompanharam toda a operação e fizeram a prisão em flagrante.

Berg foi levado para o IPC, no bairro do Cristo, para realização de exame de corpo de delito. A prisão foi feita pelo delegado da DDF, Lucas Sá.

https://youtu.be/am_KoJVK71g