Prefeito entrega Restaurante Popular, que oferta 3,4 mil refeições diárias

A população de Mangabeira e dos bairros vizinhos ganhou a garantia de uma alimentação saborosa, nutricionalmente equilibrada e por um preço simbólico de R$ 1. Isso se tornou possível com o Restaurante Popular de Mangabeira, inaugurado pelo prefeito Luciano Cartaxo, na manhã desta quinta-feira (11). O espaço, localizado na Rua Francisco Pereira de Sousa, vai servir mil refeições diárias e recebeu investimentos de R$ 1,1 milhão, entre obras, equipamentos, mobília e material de consumo.
 
Com a entrega do Restaurante Popular de Mangabeira, a Prefeitura de João Pessoa vai alcançar a marca de 3.400 refeições ofertadas diariamente. Além das mil que serão oferecidas em Mangabeira, o Município garante 1.400 no Restaurante Popular da Lagoa e 200 em cada uma das cinco cozinhas comunitárias espalhadas pela cidade.
 
“A alimentação é um direito humano fundamental e é isso que estamos oferecendo com o Restaurante Popular”, destacou o prefeito Luciano Cartaxo. “Aqui o cidadão vai encontrar conforto, segurança e uma alimentação completa, saborosa e nutritiva. Além disso, será um espaço para receber a comunidade e também para a capacitação profissional. Trata-se de um equipamento que vai fortalecer muito o bairro de Mangabeira”, complementou.
 
De acordo com a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Marta Moura, o restaurante segue a Lei de Segurança Nutricional, garantindo os nutrientes necessários para uma vida saudável. “Quem não se alimenta bem não vive bem. É pensando nisso que entregamos este equipamento para beneficiar as pessoas que vivem um estado de vulnerabilidade social, mas que também vai atender a todos os cidadãos”, ressaltou.
 
O evento de inauguração foi prestigiado pelos vereadores Bosquinho, Marmuthe Cavalcante, Edson Cruz e Luís Flávio.
 
A obra

 O Restaurante popular de Mangabeira vai oferecer mil refeições diárias de segunda à sexta-feira, das 11h às 1h30. Ele segue todas as orientações do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), que determina a quantidade de cada tipo de alimento na dieta, garantindo a quantidade e a diversidade dos nutrientes. Cada refeição custa apenas R$ 1 ao usuário. O valor é complementado pela Prefeitura de João Pessoa, que paga mais R$ 5,24 por cada prato.
 
O espaço, que possui mais de dois mil metros quadrados entre área interna e externa, conta com estacionamento público, bicicletário, área administrativa, refeitório com 144 lugares, área de higienização de mãos e banheiros. Ainda fazem parte da estrutura uma cozinha industrial, duas câmaras frias, despensa seca e sala de pré-preparo para carnes, aves, peixes e vegetais.
 
No total, 22 profissionais estão nos quadros do Restaurante Popular, entre os quais um nutricionista, um coordenador geral, auxiliares de serviços gerais e os profissionais da cozinha industrial.
 
Capacitação

 O Restaurante Popular também pretende ser um espaço de acolhimento da comunidade. Para isso conta com uma sala de capacitação, onde serão oferecidos cursos de culinária e formação social. As atividades já começam no próximo dia 10 de outubro, quando terá início o curso de qualificação com certificação técnica em confeitaria, uma parceria da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) com o Serviço nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).
 
Os alunos inscritos vão aprender a produzir bolos, tortas, salgados, biscoitos e doces diversos de acordo com padrões técnicos, normas ambientais, qualidade, segurança e saúde no trabalho. Cada uma das turmas vai receber 16 alunos, com aulas pela manhã, das 7h às 11h, ou pela tarde, das 13h às 17h. O curso possui carga horária de 160h.
 
Liberação

O Restaurante Popular de Mangabeira foi avaliado por técnicos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) no último dia 29 de outubro. Durante o teste operacional, o local foi aberto para 200 usuários, em um momento onde os profissionais puderam comprovar a excelência da estrutura física e dos equipamentos, além das condições técnicas de funcionamento do restaurante.