Prefeito renova frota da Semob e destaca trabalho em 2015

O prefeito Luciano Cartaxo entregou, na manhã desta quinta-feira (5), 40 novas motocicletas e uma Van para uso da Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob). A entrega foi feita em frente à Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), ao lado do presidente da Casa, o vereador Durval Ferreira. Logo em seguida, o gestor participou da abertura dos trabalhos do Poder Legislativo Municipal para o ano de 2015.

Com um investimento de R$ 750 mil, a Prefeitura da Capital garantiu 40 novas motocicletas para fiscalização e operação de trânsito. Deste total, 20 serão para substituição dos equipamentos em uso, e 20 para adição de frota. Além disso, o prefeito entregou uma Van, que será utilizada para a realização de campanhas educativas sobre o trânsito.

Em seu discurso no Plenário da Casa Napoleão Laureano, o prefeito destacou o cenário de crise enfrentado pela economia brasileira e destacou os esforços realizados para evitar que isso impeça o desenvolvimento da Capital. “Estamos racionalizando gastos e reduzindo perdas para garantir que a cidade continue recebendo serviços melhores, porque existem missões que não podem ficar para depois”, destacou.

O exemplo utilizado foi a convocação de 1.300 concursados para a Educação do Município, todos em uma única chamada. “Foi difícil! Muito difícil, mas a Educação é nossa prioridade e, para nós, isso é um investimento”, afirmou. Nesta área, o prefeito ainda ressaltou que, de acordo com avaliação do Ministério da Educação, João Pessoa terá o melhor padrão de Educação Infantil do país, modelo que agora também chega às escolas de tempo integral.

Na saúde, o prefeito ressaltou a aplicação do projeto de Cuidadores Familiares, experiência inédita no país que está qualificando e remunerando as atividades de 600 profissionais. Além disso, foram destacadas as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Valentina, já entregue, e de Cruz das Armas, em andamento. Para a mobilidade urbana, foram destaques a duplicação da Avenida Panorâmica e o alargamento da Avenida Epitácio Pessoa.

Outro ponto chave do discurso do gestor municipal foi a execução de grandes projetos. De acordo com ele, a gestão não coloca os grandes problemas da cidade para debaixo do tapete, nem se contenta em fazer o mais fácil. “Estamos construindo um novo Bairro São José, um ambiente digno e com infraestrutura adequada. Além disso, temos quase seis mil unidades habitacionais em fase de conclusão”, listou.

O prefeito ainda falou sobre o projeto da Orla, pelo qual a Prefeitura vai padronizar as calçadas entre o Busto de Tamandaré e a ladeira do Cabo Branco, e a revitalização do Centro Histórico, como o caso da Casa da Pólvora, que já foi entregue. “Essas são ações que vão quebrar paradigmas. Digo isso porque nunca ninguém teve a coragem de mexer em áreas tão delicadas e complexas”, afirmou.

A barreira do Cabo Branco também foi ponto de destaque na fala de Luciano Cartaxo. “Faltou um olhar mais cuidadoso por parte da Prefeitura, já que nunca na história foi feita qualquer intervenção. Temos um problema que se arrasta por décadas, mas isso não servirá de desculpas para que não apresentemos uma solução”, declarou. De acordo com ele, já existe um projeto executivo pronto e recursos garantidos para a intervenção.

Sobre a Lagoa do Parque Solon de Lucena, o prefeito destacou o projeto de reestruturação que está sendo executado após 100 anos de soluções paliativas. “Ano após ano a Lagoa sofreu com alagamentos e com o esquecimento, mas já conseguimos fazer o desassoreamento e estamos concluindo o túnel de escoamento, tudo feito com as técnicas mais modernas, no modelo não destrutivo. Ao final, teremos nosso cartão postal totalmente novo e preservado”.

O presidente da Câmara Municipal, Durval Ferreira, destacou a confiança no trabalho do prefeito e de sua equipe. “Este Poder acredita que a gestão municipal vai conseguir continuar trabalhando rumo ao crescimento planejado, contribuindo para a consolidação de um modelo de desenvolvimento sustentável e de qualificação dos serviços públicos”, declarou.