Prefeitos do Vale do Piancó declaram apoio a Lucélio

Agora foi a vez do Vale do Piancó receber a Caravana do Trabalho. Juntos, Lucélio Cartaxo (PT) e Ricardo Coutinho (PSB) estiveram em sete cidades da região nesse domingo (24): Santa Terezinha, Catingueiras, Olho D’água, Piancó, Igaracy, Aguiar e Itaporanga. Foram mais de 200 Km percorridos nesse domingo (24), levando as ideias de continuidade do desenvolvimento e da renovação no Senado. Em alguns trechos, as carreatas chegavam a quase 250 veículos, como aconteceu em Itaporanga, por exemplo, mesmo já sendo quase 22h30.

No município de Olho D’água, o prefeito Chico Carvalho (PSDB) subiu no palanque para justificar seu apoio ao grupo. Ao se referir a Lucélio, salientou a oportunidade da Paraíba viver um momento novo no Senado com a chegada de um jovem cheio de ideias e disposição ao trabalho.

“Estamos às vésperas de levarmos a Brasília um projeto novo de atuação política, onde, não tenho dúvidas, será constante a atenção aos municípios, independente de seu tamanho. Acredito nessa disposição de Lucélio de se manter sempre próximo, dialogando não só com os prefeitos, mas com a população”, salientou o gestor.

Para Deusaleide Jerônimo, a 'Deusinha' (PSD), prefeita de Igaracy, o importante é que Lucélio traz novas esperanças aos municípios, que, como o seu, carece de uma maior representação no Senado.

“As cidades de médio e pequeno porte, especialmente, sofrem com os poucos recursos em caixa. Não há como avançar em projetos estruturantes sem ter o suporte de um congressista; de um senador parceiro em Brasília. Acredito nessa vontade de trabalhar de Lucélio, por ser jovem, responsável e ter provado que é um bom gestor quando esteve à frente da CBTU”, destacou a gestora.

Lucélio referendou o depoimento dos prefeitos e se solidarizou com a situação de carência por que passam os municípios quando o assunto é representação no Senado.

“Entendo a função de senador como um oportunidade importante para contribuir efetivamente com o desenvolvimento do Estado, não um lugar para alguém encerrar sua carreira política ou fazer balcão de negócios. O Senado não pode ser mais encarado como um trampolim para disputar outros cargos, precisa ser visto com uma chance indispensável de ser instrumento de desenvolvimento de nossa terra, que está decidida a acelerar seu crescimento”, declarou o candidato a senador.