Presidente do TCE determina exame da situação contábil, financeira e orçamentária de Bayeux

O Tribunal de Contas da Paraíba vai examinar a situação contábil, financeira e orçamentária de Bayeux, município da Área Metropolitana de João Pessoa cujo prefeito se encontra preso e afastado do cargo após audiência de custódia procedida pelo Tribunal de Justiça do Estado.

A diligência em Bayeux foi determinada, na manhã desta quinta-feira (5), pelo presidente André Carlo Torres Pontes no Memorando nº 62/2017 já recebido pelo diretor de Auditoria e Fiscalização do TCE Evandro Claudino de Queiroga.

Diz o documento:

“Sr. Diretor. A Prefeitura Municipal de Bayeux sofreu o afastamento do Chefe do Executivo, sr. Gutemberg de Lima Davi (Berg Lima), ocorrido ontem (05/07). Face às atribuições que são conferidas ao Tribunal de Contas do Estado como órgão de controle externo, determino a essa Diretoria que providencie diligência naquele Poder para fins de examinar a situação contábil, financeira e orçamentária, sobretudo diante dos fatos correlatos aos que acarretaram a decretação da prisão daquele gestor. Atenciosamente, conselheiro André Carlo Torres Pontes, Presidente”.