Presidente do TCE-PB confirma certidão sobre número de codificados

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro André Carlo Torres, revelou que o órgão fez uma auditagem nos números oficiais de pagamento a servidores e só depois emitiu a certidão solicitada pelo governo do estado. Ele disse que a certidão foi feita por um auditor a partir de constatação de pesquisa e comparar dadas, com os filtros de um técnico responsável do TCE-PB.

Ele disse que o Tribunal de Contas teve o cuidado de analisar os dados informados pelo governo do estado.  André Carlo observou que depois do recebimento das informações elas são auditadas e divulgadas. Lembrou os contratos precários já receberam diversas denominações ao longo dos anos, como "denorex" e "pro-tempores".

De acordo com o presidente do TEC-PB, a auditagem diz os valores que estão sendo pagos aos servidores.

André Carlo deu entrevista no programa 'Correio Debate', da 98FM.