PSB lidera coligação com dez partidos

A convenção do PSB realizada na noite desta segunda-feira (30), reuniu dez partidos em torno da reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do candidato a senador Lucélio Cartaxo (PT). Mais de 15 mil militantes dos partidos aliados lotaram a parte interna e externa do Forrock para dizer não as forças do atraso e pela continuidade do desenvolvimento da Paraíba.

A aliança em torno do projeto de reeleição de Ricardo Coutinho e de Lucélio Senador já conta com dez partidos (PSB, PT, DEM, PC do B, PV, PRP, PHS, PPL, PSL e o PRTB). Durante a convenção as candidaturas a deputado federal e estadual do PSB foram homologadas e candidaturas dos partidos aliados apresentadas. Nas próximas horas os partidos aliados vão indicar o vice-governador de Campina Grande.

O governador Ricardo Coutinho, que chegou à convenção acompanhado do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo e o irmão, Lucélio Cartaxo e do ex-senador Efraim Morais. Os militantes receberam os candidatos com festa.

Ricardo iniciou seu discurso dizendo que poucas vezes sentiu uma emoção tão forte em ver tanta gente que acredita na força de um governo que tem compromisso com o presente e o futuro da Paraíba e contra as tradicionais forças do atraso acostumadas a misturar interesses econômicos com interesses partidários para barrar os avanços do povo da Paraíba. “Eles não sabem com quem estão tratando. Não sabem da caminhada de cada um de nós que nos fez ter coro grosso e pés calejados”.

Ricardo ressaltou que está dado o primeiro passo para a continuidade do projeto que está mudando a Paraíba com forças populares que formam um campo político que traz novas formas de governar pautada nos interesses da população. “Passaram dias plantando falsas notícias tentando inviabilizar uma aliança com o PT, mas temos o aval dos diretórios nacional e estadual de forma a respeitar os votos para presidente do PSB e do PT”.

O governador lamentou o ato de covardia o ato dos ex-aliados que romperam a aliança com o PSB sem ao menos terem a coragem de fazê-la pessoalmente. “A nossa história é feita com coragem e determinação e na base da covardia, dentro de quatro paredes, com conchavos onde os interesses da população fiquem escanteados, esse é o momento de fazer a grande história”, ressaltou.

O candidato a senador pelo PT, Lúcelio Cartaxo, afirmou que o diretório estadual decidiu com 13 votos contra 1 pela aliança com o PSB que está firme no propósito de garantir os avanços conquistados nos últimos anos na Paraíba. “O PT vem 100% unificado em torno deste grande projeto pela Paraíba e pelo Brasil tendo a presidenta Dilma como candidata do PT e respeitando o PSB que tem seu candidato. Mas que num eventual 2º turno estaremos em torno de Dilma. Hoje Dilma falou com Ricardo e Luciano Cartaxo e garantiu que não tinha intervenção, nós vencemos, essa é uma aliança democrática e coerente”,ressaltou Lucélio.

De acordo com Lucélio, o PT e PSB tem um histórico juntos e que o futuro da Paraíba passa necessariamente pela reeleição do governador Ricardo Coutinho e pela eleição de um senador que possa trabalhar para trazer recursos que garantam obras estruturantes para o Estado.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), afirmou que o PT está unido em torno de um projeto que continue fazendo a Paraíba crescer com obras e ações contra a coligação unidos pelo ódio e pelo poder sem propostas efetivas para a Paraíba. “A Paraíba quer continuar crescendo. Se este governo fez muito, fará muito mais com o PT porque somos pessoas com histórias de luta e que gostam de trabalhar em benefício do povo”.

Centenas de prefeitos, vereadores, deputados federais, deputados estaduais participaram da convenção. Os presidentes do PSB, Edvaldo Rosas, do PT, Charlinton Machado, do DEM, Efraim Morais, do PC do B, José Gonçalves, do PPL,Chico do Sintran, do PV, Denis Soares, do PSL, deputado Tião Gomes, do PRP, Maria da Luz, do PHS, Álvaro Neto e Fábio Carneiro, do PRTB, falaram em nome dos seus partidos.

Ao final da Convenção, foi aprovada resolução que autoriza a Executiva Estadual a realizar os procedimentos necessários para a indicação do nome e coligação para Vice-Governador, e em virtude do avançado da hora, foi marcada entrevista coletiva para esta terça-feira (1º).