PSDB reúne cúpula estadual para ‘conjecturas’ sobre cena política nacional

O PSDB reuniu alguma de suas principais lideranças no estado, nesta segunda-feira (29), no escritório do senador Cássio Cunha Lima, em João Pessoa. A cúpula tucana decidiu referendar a posição nacional de continuar apoiando o governo de Michel Temer. Entre os que participaram da reunião, alguns pediram um distanciamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

O PSDB não tratou de discussões e nem de estratégias sobre 2018. Muito menos sobre pré-candidaturas a governador do estado no ano que vem. O presidente estadual da legenda, Ruy Carneiro, participou do encontro.

Causou uma certa estranheza entre os integrantes da cúpula estadual do PSDB as declarações do deputado estadual Tovar Correia Lima, na semana passada, que disse da tribuna que Aécio era "um ladrão" e que merecia estar preso, assim como Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na terça-feira (30), Tovar reafirmou na Assembleia que mantém seu posicionamento.

No fim, foi uma reunião que pareceu mais um bate-papo do clube da esquina. Sem deliberações e apenas com conjecturas sobre a cena política nacional. De novidade mesmo, só a presença do ex-senador Cícero Lucena, que continua se esquivando de dar entrevistas.