PT completa 35 anos e Luiz Couto destaca mudanças

O deputado paraibano Luiz Couto ocupou a tribuna da Câmara Federal para fazer referência ao Partido dos Trabalhadores (PT), que nesse dia 10 de fevereiro completou 35 anos de existência.

Disse que o PT é feito de diferenças, de homens e mulheres de poucas letras e de intelectuais. Que é um partido criado de abnegados militantes. “É o partido da evolução social, da evolução democrática, de luta trabalhadora e lutas humanas”.

Couto lembrou que o PT ajudou o país a melhorar em todas as esferas sociais, econômicas, culturais, educacionais e de segurança publica, saúde, geração de emprego e distribuição de renda.

Ressaltou que a partir daí, constituiu-se um novo modelo de desenvolvimento econômico com distribuição de renda, inclusão social e nacionalização de setores estratégicos como o de petróleo e naval.

“Construímos e continuamos a evolução de um país da diversidade, dos negros e outras etnias, dos camponeses, de heterossexuais e homossexuais, ecologistas, sindicalistas, ‘ongueiros’, jovens, prostitutas, crentes e ateus. Um partido plural. Temos socialistas, social-democratas, desenvolvimentistas, humanistas e até liberais”, completou.

Luiz Couto saudou o seu partido, mas também desejou que ele se rejuvenesça e que “se sinta permanentemente forte a conquistar novos horizontes”. “Parabéns ao PT! Que o PT continue mudando a si mesmo, para continuar mudando o Brasil. Somos a marca da democracia e da revolução”.

“Que o PT de Dilma/Lula continue reconstruindo um Brasil de diálogos de sentimentos humanistas”, acrescentou.